domingo, 27 de novembro de 2011

Alegres campos, verdes arvoredos.


ALEGRES CAMPOS, VERDES ARVOREDOS 

Alegres campos, verdes arvoredos, 
Claras e frescas águas de cristal, 
Que em vós os debuxais ao natural, 
Discorrendo da altura dos rochedos; 

Silvestres montes, ásperos penedos, 
Compostos em concerto desigual, 
Sabei que, sem licença de meu mal, 
Já não podeis fazer meus olhos ledos. 

E, pois me já não vedes como vistes, 
Não me alegrem verduras deleitosas, 
Nem águas que correndo alegres vêm. 

Semearei em vós lembranças tristes, 
Regando-vos com lágrimas saudosas, 
E nascerão saudades de meu bem. 

Luís de Camões 


Luís Vaz de Camões presume-se tenha nascido em Lisboa por volta de 1524, de uma família do Norte (Chaves). 

Viveu algum tempo em Coimbra onde, segundo consta, freqüentou aulas de Humanidades no Mosteiro de Santa Cruz onde tinha um tio padre. Regressou a Lisboa, levando aí uma vida de boemia. 

Em 1553, depois de ter sido preso devido a uma briga, parte para a Índia. Fixou-se na cidade de Goa onde escreveu, de acordo com seus estudiosos, grande parte da sua obra. Regressa a Portugal em 1569, pobre e doente, conseguindo publicar Os Lusíadas em 1572 graças à influência de alguns amigos junto do rei D. Sebastião.

Faleceu em Lisboa no dia 10 de junho de 1580. É considerado o maior poeta português, situando-se a sua obra entre o Classicismo e o Maneirismo

Obras: 

"Os Lusíadas" (1572) "Rimas" (1595) 
"El-Rei Seleuco" (1587) 
"Auto de Filodemo" (1587) 
"Anfitriões" (1587) 

Fonte: www.releituras.com

Visite também:

8 comentários:

Magia da Inês disse...

º°❤
Olá, amigo!
Gostei do soneto, eu não o conhecia...
Boa semana!
Beijinhos. º° ✿
♫° Brasil
·.♪
❤♥

✿ chica disse...

Maravilhosa escolha, camões...abração, obrigado pelo carinho lá e tudo de bom,chica

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu vizinho!
Estava com saudades de vim aqui...final de ano prá mim fica tudo apertadinho por causa da minha profissão...
Mas dia de domingo é dia de visitar os amigos,kkkkkkkkkk,por isso estou aqui para desejar um domingo fenomenal e dizer que aprendi a lição que vc deixou hj,kkkkkkk,não recordava mais,por isso que é muito bom recordar...
bjs

Everson Russo disse...

Camões sempre será uma bela escolha amigo..abraços de boa semana.

Flor de Lótus disse...

Bom dia!Lindos versos não é a toa que ele foi um dos melhores da humanidade.
Beijosss

Carla Fernanda disse...

Rosemildo triste mais lindo!
Nosso Camões!!

Querida amigo,

Te desejo luz no tempo do Advento que começa hoje. Tempo de renovação da fé e da esperança, que o ser humano, um dia, seja capaz de superar as falhas, as doenças físicas e mentais, e deixar nascer o Homem são, capaz de espelhar em si o cosmo, ou seja, torne-se o próprio filho de Deus.

Beijos

Carmela disse...

Gracis por dar a conocer tan bellos versos.
Biquiños.

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu vizinho!
Domingo tbm é dia de viajar na literatura...nem tive tempo de passar ontem aqui para deixar um xeroooooooo
Mas hoje deixo todos para abastecer por toda a semana,afffffff !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...