domingo, 18 de setembro de 2011

A invenção do relógio de algibeira.

 
Pedro Henlein
 
A INVENÇÃO DO RELÓGIO DE ALGIBEIRA 

1500 Pedro Henlein inventa o relógio de algibeira, em Nurenberg. Nessa cidade alemã ainda rapazinho, a todos assombrava com seu talento. Era ali relojoeiro. Para conseguir seu intento, pensou, primeiro, como empregar motor, em lugar de pesos. Lembrou-se dai de utilizar uma mola espiral. Mas a característica principal dessa mola é a teimosia. Por mais que se a enrole, conseguirá desenrolar-se. E foi, justamente, esta qualidade, que Pedro Henlein pensou utilizar. Pois bem. No interior de um relógio de algibeira está oculta uma caixinha plana, feita de latão. Este tambor não é outra coisa senão a casinha onde se encontra o motor que faz andar o relógio, ou, por outras palavras: a mola ou corda. A extremidade inferior desta mola mantém-se sempre móvel. Está fixada num eixo sobre o qual descansa o tambor. A outra extremidade, a exterior, permanece sobre a parede do tambor. Ora, quando se dá corda a um relógio, faz-se girar este tambor. Ao mesmo tempo enrola-se a mola, obrigando a sua extremidade exterior a descrever círculos. Mas tão depressa se solta a mola, ela começa a desenrolar-se; a extremidade exterior volta à sua posição anterior e o tambor faz exatamente o mesmo número de revoluções para trás que antes fazia para diante. E nisto consiste o truque. Um certo úmero de rodas dentadas transmite as revoluções do tambor aos ponteiros, exatamente como sucede nos relógios de pesos. Para evitar que a corda se desenrole demasiado à pressa, Pedro Henlein aproveitou o mesmo tipo de balancim utilizados nos grandes relógios. 

Nota: Este trabalho é o resultado de pesquisas realizadas pelo ilustre professor Elias Barreto, e publicado pela Enciclopédia das Grandes Invenções e Descobertas, edição de 1967, volume 1, páginas 108/109. 

Visite também:

8 comentários:

M@ria disse...

Podemos prometer atos,
mas não podemos prometer sentimentos…
Atos são pássaros engaiolados;
sentimentos são pássaros em voo.”

- Mário Quintana.

Bom Domingo prá voce! M@ria

✿ chica disse...

São tão chiques...Lindo ler isso aqui! abraços, ótimo domingo!chica

Everson Russo disse...

Interessantes meu amigo...abraços de boa semana pra ti.

VeraBruxa disse...

Olá!
Bom aprender!
Andei tentando postar comentários aqui e não conseguia Não me pergunta o porquê...hehehe...Não lembro se já escrevi aqui, mas vale repetir: acessar este blog me dá vontade de voltar a sentar à beira mar e esperar a maré subir para molhar meus pés com a vista do Morro do Careca. Terra linda!
Abraço.

VeraBruxa disse...

Olá!
Bom aprender!
Andei tentando postar comentários aqui e não conseguia Não me pergunta o porquê...hehehe...Não lembro se já escrevi aqui, mas vale repetir: acessar este blog me dá vontade de voltar a sentar à beira mar e esperar a maré subir para molhar meus pés com a vista do Morro do Careca. Terra linda!
Abraço.

Flor de Lótus disse...

Oi,Furtado!Muito interessante essa história!
Uma ótima semana!
Beijosss

VeraBruxa disse...

Oi!
Olha só, agora apareceram duas postagens iguais só para garantir...hehehe...
Fique certo que eu volto à Ponta Negra sim, já estou me organizando, para o início do ano que vem.
Esta tal de internet tem coisas sem explicação. Eu não conseguia fazer comentários em vários blogs que não eram configurados para TODOS aparecendo a opção nome/URL,e nem com a conta Google, o que acontecia nesse. Passei a usar o navegador Google Chrome e ficou OK, não sei se foi isto.
Abraço.

ONG ALERTA disse...

Excelente escolha, beijo Lisette.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...