segunda-feira, 11 de abril de 2011

Conclusão.


CONCLUSÃO

Hoje cheguei à mais pura e simples conclusão,
Que já não mais devo insistir, em esperar por ti.
Por que viver enganado, na mais pura ilusão,
Se, com certeza sei, que já há muito te perdi?

As saudades de ti, são o que mais me atormentam,
Nas minhas tristes noites de insônia e de solidão.
Lembranças ou quimeras, são o que alimentam,
A esperança existente no meu pobre coração.

Seguirei minha estrada, viverei minha vida,
Em busca de alguém, que me estenda à mão.
Dê-me um pouco de amor, um pouco de guarida,
E motivos para viver mais uma nova paixão.

Quem sabe um dia, estarei livre, estarei curado,
Desse mal que me aflige, sem dó, sem compaixão.
Foi pensando nisso, que resolvi livrar-me do passado,
E daí, cheguei à essa pura e simples conclusão.

R.S. Furtado.

14 comentários:

M@ria disse...

Tente. Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto, uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem. Pelo menos sorria, procure sentir amor. Imagine. Invente. Sonhe. Voe.

Caio Fernando Abreu

Amor & Paz na nova semana! Beijos meus...M@ria

Marina-Emer disse...

Con todo mi cariño agradezco
Tu visita y el que la poesía de
José Ángel Buesa haya gustado
Magnifico poeta.
muyb bonitos tus versos yo entiendo tu idioma no lo escribo
Besos
Marina

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Amgo
Chega uma hora que a gente tem que dar um basta na espera em vão. Por mais que doa, só resta tentar esquecer. Se for possível.
Abração

Rosane Marega disse...

Triste e dói Né Furtado, mas sempre virá um novo amanhecer!
Beijossssssssss

Everson Russo disse...

Essa conculusão é dificil da gente tomar,,,sei bem o que é,,,passei por isso,,,demorei,,,sofri,,,,chorei,,,mas chega uma hora,,,que a gente precisa limpar os olhos e ver novos caminhos...novas paisagens a brilhar e colorir o horizonte,,,e seguir firme por elas...e sepultar um passado que possa estar travando nosso futuro...abraços de boa semana pra ti.

Carla Fernanda disse...

Que bom que o seu pensamento te ajudou em uma conclusão deb que o coração não tem sempre razão.
Que o novo traga tudo em dobro em amor para ti.
Muito bela sua poesia Rosemildo!
Boa semana!
Carla

Andradarte disse...

Chega uma altura, que não há mais tempo
para ilusões....Enquanto houver saudades
....há sempre dor...
Abraço

RELTIH disse...

UNA CONCLUSIÓN MUY COHERENTE.
AMIGO, ESPERO NO HABERLO INCOMODADO CON MI INQUIETUD. OFREZCO DISCULPAS, SI MI PREGUNTA EN ALGO LO OFENDIÓ, NO ES MI INTENCIÓN. AGRADEZCO SU COMPRENSIÓN.
UN ABRAZO

Everson Russo disse...

Um belissimo dia pra ti meu amigo,,,muita poesia e muita paz de Deus...abraços fraternos...

Perola disse...

Sabe meu querido,a conclusão que cheguei é que amor bom é aquele que ñ faz mal.
Por mais que tudo termine o que deve sobrar são boas lembranças.
Devemos sim caminhar deixando para trás quem amamos porque simplesmente ñ compete ao coração de quem queremos seguir com a gente nessa trajetória.
Poderemos sim encontrar outra mãos que nos acolha mas nem sempre essas mãos são as que realmente desejamos. O amor tem disso,nos cega para quem de fato nos quer.
Sendo assim tenho certeza que de outra forma ñ teríamos tantos corações partidos.
Lindo!!!Encantador.
Parabéns.
Bjssssssssssssssssss

AFRICA EM POESIA disse...

LINDO O TEU Poema.
Espero que seja apenas...poesia...



Um beijo



C omeço por dar os parabéns
E é lindo chegar a estes números
M uitos anónimos passaram na África em Poesia

M uitos amigos vieram dar um beijo
I limitada a minha felicidade
L inda esta ligação bem forte...

V im a medo para a blogosfera
I maginava que não ia ficar
S em grandes ambições vim e adorei
I mediatamente chegaram amigos
T antos e tão bons que agradeço...
A braço-vos neste momento
N ão deixaremos de brindar com champanhe
T eremos o saboroso bolo de chocolate
E é graças a Vós que guardo no coração 100.000
S erei sempre vossa amiga-Gosto muito de cada
um de vós!...ao vitor um beijo especial


LILI LARANjo

ONG ALERTA disse...

Dar um ponto final é difícil, mas preciso beijo Lisette.

Valéria Sorohan disse...

A riqueza do teu poema emociona. A força das palavras que você usou nos grita que o tempo é implacável, e amarela quase tudo.

BeijooO*

Paula disse...

Teu poema é o extremo oposto do meu. Esse sentimento de desilusão demonstra, revela os meus sentimentos logo antes de escrever o meu poema. Eu estava justamente me sentindo assim e me confrontei com algo mais profundo que dizia exatamente o oposto, mas me dizia para esperar em silêncio o revelar dos potenciais a seu próprio tempo.

Por isso, amar assim passou a ficar mais fácil, aceitável e totalmente possível. (Manifestando o sonho para além das expectativas mundanas e realizando o dom do amor incondicional e a experiência da plenitude advinda da gratidão por tudo ser exatamente como é!)

Amor é sempre eterno. E está disponível a todos em tempo integral; basta permitirmo-nos a sentí-lo sem receio do porvir.

E vamos confiar na vida! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...