sábado, 19 de dezembro de 2009

Soneto.

http://ceci-ceci.zip.net/images/grav_mulher_linda_dormindo_G.jpg

SONETO

Pálida à luz da lâmpada sombria,
Sôbre o leito de flores reclinada,
Como a lua por noite embalsamada,
Entre as nuvens do amor ela dormia!

Era a virgem do mar, na escuma fria
Pela maré das águas embalada!
Era um anjo entre nuvens d’alvorada
Que em sonhos se banhava e se esquecia!

Era mais bela! seio palpitando...
Negros olhos as pálpebras abrindo...
Formas nuas no leito resvalando...

Não te rias de mim, meu anjo lindo!
Por ti – as noites eu velei chorando,
Por ti – nos sonhos morrerei sorrindo!

Álvares de Azevedo.
(1831-1852)

9 comentários:

Helô Müller disse...

Ah, quanta delicadeza na poesia de Álvares de Azevedo!
Tens bom gosto...
Obrigada pelo carinho de sempre lá em meus aposentos, e aproveito pra te desejar um Natal com muito amor junto aos teus seres mais queridos!
Beijos de Mamãe Noela!! rs
Helô

stella disse...

http://stella-blogvideo.blogspot.com/

Silvana Nunes .'. disse...

Neste Natal resolvi fazer uma homenagem diferente.
Coloquei em minha árvore somente os presentes que ganhei, e felizmente,
não couberam, de tantos e tantos que adquiri durante estes anos.
Porque vocês, meus amigos, foram
os presentes que recebi de Deus.
Presentes que se fizeram presentes no decorrer
deste ano, de outros e mais outros, de hoje e de ontem e
que com certeza amanhã continuarão a me dar muitas alegrias...
Vocês são presentes de coração....
Aqueles que não compramos, pois não há preço
nem dinheiro nenhum no mundo para pagar...
São presentes que colhemos na árvore da vida, são
frutos da amizade e de muita luz em nossos momentos...
algumas vezes nebulosos pelas adversidades da vida...
Mas quando do nada, vocês aparecem, nos fortificam
e nos irradiam tanto amor, independente da distância
física, sempre próximos em permanente sintonia.
Meus amigos,
quero agradecer em prece, por vocês existirem.
Que a alegria, o amor, a fraternidade, o perdão,
a compreensão... continuem nos unindo.
Que Deus, em sua infinita bondade, continue
orientando-nos e mantendo acesa a luz da Amizade,
do Amor e da Paz entre todos nós.

Saudações Florestais !
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...
em: http://www.silnunesprof.blogspot.com

Giulio Romeo disse...

Olá meu nobre amigo Furtado.
Obrigado por visitar sempre o meu Blog e também pela sua amizade, sincera e carinhosa.
Sou seu fã de carteirinha e continuo parabenizando os seus posts, que são uma verdadeira lição de lirismo, vindos diretamente do coração, passando pelas alamedas felizes da memória e tocando profundamente a alma de seus leitores e seguidores. Que Deus ilumine sempre esse espirito cheio de poesia e essa eterna vontade de gritar para os quatro cantos do mundo, que a felicidade existe, que ela está bem perto de nós, mas não a adotamos. E nunca se esqueça, os Anjos estão entre nós, mas como não acreditamos e nem enxergamos, pensamos que não existem. Aliás, eu conheço um, se não me engano, o nome dele é Rosemildo !
Conhecer pessoas, não é muito difícil, conhecer seres altamente espiritualizados e elevados como você, meu amigo, não é comum.
Um forte abraço, cheio de Paz e alegria. Que Deus o abençoe, eternamente e lhe cubra com o seu manto sagrado.

Sereia disse...

Boa noite meu querido e muito obrigado pelo carinho.
Bela postagem e muito profunda.
Um beijo grande.

AFRICA EM POESIA disse...

FELIZ NATAL

E tudo de bom...


CINCO LETRAS



Cinco letras apenas
Todas juntas
Formam o Natal...
Natal meu...
Natal teu...
Natal de todos nós...
E neste Natal...

Queremos diferente...
De mãos postas...
Ao Menino Jesus...
Peço que dê...
Mais Paz...
Mais Amor...
Mais Carinho...

E que muitos mais meninos
Tenham um lar...
E nós...
Meninos crescidos...
Continuamos a fazer...
Para que todas as crianças...
Tenham casa, cama e pão.

LILI LARANJO

Felina Mulher disse...

Boa Noite Furtado.

Bela escolha a tua meu anjo, muito lindo o poema.
Qto ao teu comentário, a nossa cidade das Mangueiras continua linda. Quando vieres novamente, vens tomar um suco de Cupuaçú comigo.

Beijos meus.

Livinha disse...

Por ti – as noites eu velei chorando,

Por ti – nos sonhos morrerei sorrindo!

Esse momento que somente nós acalentamos no coração um anjo, sabemos quantas noites se fizemos
em estados arrefecidos nas lágrimas da solidão, como assim um dia, saberemos o que é morrer sorrindo, do reencontro em manifestação...
Maravilhoso poema meu amigo, retratos da vida, horas vividas
no clamor do coração...

Meu amigo, eu vir aqui hoje especialmente para te dizer, que vc está na lista de amigo Estrela, que chegou tão devagarinho na minha casa e foi marcando presença, deixando sua graça. Obrigada sempre por todos os meses percorrido, nas suas constantes visitas, tão terna e ao mesmo tempo engraçadas de tuas sempre bem vindas baboseiras...
Sim, és um amigo Estrela e lá no meu recanto te dou os porquês...

Muita Paz e Feliz Domingo pra você e os teus.
obrigada sempre pelo teu carinho..
Bjss

"Cantinho Poético" disse...

Um mimo pra vc aki no Cantinho Poético...venha buscá lo.....

Beijos.........M@ria

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...