terça-feira, 18 de março de 2014

Autoencontro.

         
AUTOENCONTRO

Hoje, eu me sinto como um pássaro,
Que voa a esmo em busca de um ninho,
Sem ter nada que possa lhe dar amparo
E tem por sina, sempre viver sozinho.

Hoje, eu me sinto como uma borboleta,
Que vagueia triste num jardim sem flor.
Sempre alerta, ou o espinho lhe espeta,
Mostrando as garras do seu desamor.

Hoje, eu me sinto como uma noite triste,
Sem brilho, opaca, chuvosa e muito fria.
Onde no céu, uma única estrela não existe,
Tornando-a sem graça, nefasta e sombria.

Já não sei quem sou, me perdi de mim,
Busco-me, estou sempre a me procurar,
Quem sabe, eu encontre alguém, e assim,
Me ache, e por fim, possa me encontrar.

R.S. Furtado

Visite também:

12 comentários:

✿ chica disse...

Lindo e profundo teu poema. Precisamos nos encontrar, vasculhar, tentar nos achar.

Mas,. por vezes, nos perdemos até de nós mesmos! LINDO! abração,chica

Clau disse...

Bom dia \o/
É necessário passarmos por desencontros e questionamentos
para então vivenciarmos um autoencontro...
Achei lindo o poema.
Bjs!

Anne Lieri disse...

Furtado,que bom ver uma poesia sua por aqui! A vida é uma eterna busca e nem sempre facil nos encontrarmos! bjs e boa semana,

MARILENE disse...

Por vezes, a melancolia abraça o ser, envolto em questionamentos e na busca de si mesmo. Bjs.

Vento disse...

ah! Furtadoo!!!

quem não tem esse momento?!
esse encontro com o seu próprio retrato?!
quem não se busca
constantemente?!...

gostei muito.
beijo.

Yasmine Lemos disse...

Bom dia, Rosemilton,
Muitas vezes precisamos de um bom "voo" entre nossos pensamentos.
bela poesia
tenha um dia de paz
abraços
Yasmine

Evanir disse...

Hoje Dia Do Blogueiro..
Venho te deixar meu abraço
carinho e agradecimento
por caminhar comigo .
Que durante muitos anos ainda possamos
caminhar juntos levando paz e amor.
Beijos no coração .
Evanir.

Lou Witt disse...

Querido Furtado, obrigado pela visita e um abração pra você!!!

ReltiH disse...

CREO QUE NO IMPORTAN LOS ESTADOS ANIMOS, CUANDO NOS SENTIMOS SEGUROS DE NOSOTROS MISMOS.
UN ABRAZO

Maria Rodrigues disse...

Tão nostálgico e tão belo.
Tem muitas vezes em que me sinto assim, perdida, mas há que seguir em frente meu amigo, até ao final da nossa caminhada.
Feliz Dia do Blogueiro.
Beijinhos
Maria

Tais Luso disse...

Depois de tantos desencontros, narrados lindamente, o encontro final deverá ser inesquecível!
Lindo. De muita sensibilidade e poesia à flor da pele. Como sempre.
Parabéns!
Grande abraço!

Lau Milesi disse...

Olá Furtado, que belo poema! Show!! Parabéns!!!
Sempre devemos buscar ...seja um melhor caminho, a perfeição... o que nos faz bem...
A vida é uma eterna busca...São nessas buscas q acabamos por nos achar...
Gosto muito de vir aqui. E também de suas gentis visitas.
Muito obrigada!

Beijos pra você e pra família.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...