segunda-feira, 14 de outubro de 2013

O ser humano.


O SER HUMANO

O ser humano é um breve vivente,
Que nasce, cresce e vive até morrer.
Vive em família ou isoladamente,
Mesmo doente, sem ter a quem recorrer.

Quando nasce, um bebê frágil, pequenino,
Que aos poucos, dia a dia, vai crescendo.
Se tornando uma menina ou um menino,
E assim vai levando a vida, vai vivendo.

A escola é o seu mais acertado passo,
Para logo aprender a ler e a escrever.
Para no futuro alcançar um bom espaço,
E ser alguém de valor quando crescer.

Vem a juventude, logo é hora de pensar,
E partir em busca de reais valores
Para mais tarde, no futuro poder evitar,
Uma vida de desenganos, de dissabores.

Chega o abraço da velhice, que importa?
Se a família está formada, resignada e unida.
Na espera que num certo dia, pela porta,
Entre a morte, para então, roubar-lhe a vida.

R.S. Furtado.

Visite também:

3 comentários:

MARILENE disse...

Esse é o caminho, a evolução. Felizes os que, na velhice, podem dizer que cumpriram com dignidade a sua função nessa vida. Abraços.

✿ chica disse...

É o ciclo da vida que mostras, do bebê até a velhice e morte que é mais natural e aceitável na velhice... Lindo poema! abração,chica

Lívia Apetitto disse...

Eu tenho que ficar de pé
e aplaudir tão belo e inspirado
poema.
Discorreste toda uma vida
regrada e de forma que se faça
pena.
maravilhoso, forte e de grande valor,
pois assim descreveste a nossa passagem com encanto e louvor.

Parabéns grande Furtado
que admiro tanto

Beijinhos

Livinha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...