quarta-feira, 22 de julho de 2009

As duas flores.

AS DUAS FLORES
http://4.bp.blogspot.com/_JDYYUsDUznQ/SNpy_hkx5LI/AAAAAAAAARo/811NQj4XW_s/s400/481.jpg

São duas flores unidas,
São duas rosas nascidas
Talvez no mesmo arrebol,
Vivendo no mesmo galho,
Da mesma gôta de orvalho,
Do mesmo raio de sol.

Unidas, bem como as penas
Das duas asas pequenas
De um passarinho do céu...
Como um casal de rolinhas,
Como a tribu de andorinhas
Da tarde no frouxo véu.

Unidas, bem como os prantos.
Que em parelha descem tontos
Das profundezas do olhar...
Como o suspiro e o desgosto,
Como as cavinhas do rosto,
Como as estrêlas do mar.

Unidas... Ai quem pudera
N’uma eterna primavera
Viver, qual vive esta flor.
Juntar as rosas da vida
Na rama verde e florida,
Na verde rama do amor!

Castro Alves
Curralinho, março de 1870.

10 comentários:

Gabriela Souza Gomes disse...

Oi, Rosemildo!

Muito obrigada por avisar do Blog estar entre os 100. Ainda estou na campanha. As votações vão até o dia 11 de agosto.

Obrigada.

abração.

Inés de Cuevas disse...

Amiga, con mucho orgullo vengo hasta tu casa a dejarte el premio "SELLO" Tu trabajo me encanta.
Enhorabuena.
Abrazos
Inés de Cuevas
http://inesdecuevas.blogspot.com

confesso disse...

Bela escolha, maravilhoso Castro Alves...

" ...Na eterna primavera viver, qual vive essa flor..."

Quem me dera...


Beijos floridos...

Livinha disse...

Olá Furtado!!
Castro alves ou
Casimiro de Abreu
seres sensivelmente maravilhosos
enviados de Deus...
Poemas das flores,
poemas de amores
que nos permite volitar,
esquecer os horrores...
Como é bom sonhar e
no amor mergulhar....

Muita Paz pra você meu amigo
no meu desejo pleno de que
tenhas um excelente fim de semana
junto aos teus...

Bjsss

Lucy disse...

Lindo demais esse poema.
Muito bom gosto querido.

Um beijo ..~**

AFRICA EM POESIA disse...

Furtado

li a sua reflexão e embora custe é a verdade.
mas nós que temos chão...estacas e cobertura temos que estar atentas para quem não tem e ajudar a que os outros não destruam.

um beijo

OLHOS CLAROS


Olhos...
Claros...
E grandes...
tudo vêm...
tudo olham...
E são...
O que ás vezes...
Não dá jeito nenhum...
Porque...
Ao olhar...
Acabam por falar...
E dizem...
o que eu quero calar!...



Lili Laranjo

Antonella disse...

Ciao! Non conosco bene la tua lingua ma ti ringrazio per avermi suggerito di inserire il traduttore nel mio blog http://amididichicca.blogspot.com
FATTO! Complimenti pr le tue foto stupende. Saluti da Antonella

Andresa disse...

Obrigada pelas suas dias , vou ler sim....
Seu poema muito lindo , demonstra o que deveria ser a verdadeira união...

Um abraço

María Lasalete Marques disse...

Obrigada pelas marcas que deixou, no meu Blogs.
Rosa amarela para mim simboliza a amizade, a branca a pureza, por uma amizade cheia de pureza y letras que nos unem. Obrigada, abrazos desde minhas janelas.

Eliana Gerânio Honório. disse...

Rosemildo

Beijão!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...