domingo, 16 de novembro de 2008

TABAGISMO-VAMOS LARGAR?

“TABAGISMO"

VAMOS LARGAR?



Todos nós sabemos dos malefícios que o fumo causa a saúde, como também, que o seu uso continuado provoca intoxicação no organismo e, consequentemente a dependência.

Sabemos também o quanto é difícil e sacrificante a parada brusca, ou seja, largar o vício de uma vez, do dia pra noite, pois o organismo passará a pedir a tão nociva nicotina, e assim, o processo será muito doloroso.

Pensando nisso, criamos o processo por redução que, com certeza, será muito menos penoso e consiste no seguinte:

PROCESSO POR REDUÇÃO
1º Passo: Compre uma piteira -pode ser das mais baratas- ou faça canudos de papel, onde você possa usar pequenos tufos de algodão como filtros, pois com esse procedimento, a quantidade de nicotina enviada para o organismo será bastante reduzida.

2º Passo: Calcule o tempo de intervalo entre um cigarro e outro fumado, usando a seguinte fórmula:

24 - HDD - HR x 60 : QCD

Onde:
24 = Quantidade de Horas do Dia.
HDD = Horas Dormidas por Dia.
HR = Horas de Refeições.
60 = Minutos por Hora.
QCD = Quantidade de Cigarros por Dia.

Exemplo: Durante o dia, uma pessoa fuma 20 (vinte) cigarros, dorme 08 (oito) horas e passa 01 (uma) hora com as refeições. Qual o tempo de intervalo entre um cigarro e o outro?

CÁLCULO

24 - 8 - 1 = 15
15 x 60 = 900
900 : 20 = 45

Resposta: O tempo de intervalo entre um cigarro e o outro é de 45 (quarenta e cinco) minutos.

3º Passo: Sabendo-se que o intervalo é de 45 minutos, vamos utilizá-lo como base para início do tratamento.

INÍCIO DO TRATAMENTO

Comece o tratamento fumando a metade do cigarro de 30 em 30 minutos, ou seja, a cada meia hora, durante 02 (dois) dias.



Nota: Pode-se até pensar que a redução será mínima, mas, se somarmos a redução dos 15 (quinze) minutos, mais a redução com o uso da piteira ou dos canudos de papel, concluiremos que a redução de nicotina será bastante considerável.

Continuando o tratamento, o intervalo deverá ser aumentado para 45 (quarenta e cinco) minutos, durante os 02 (dois) dias seguintes, ou seja, nos terceiro e quarto dias.

Nos dias seguintes (5º e 6º), aumente o intervalo para 60 (sessenta) minutos, ou seja, 01 (uma) hora.

Nessa fase, com intervalo de 60 (sessenta) minutos para cada meio-cigarro, 01(hum) cigarro será fumado a cada 120 (cento e vinte) minutos, o que é igual a 02 (duas) horas. Por outro lado, o processo de desintoxicação já estará bastante acentuado e o organismo cobrando bem menos nicotina.

Dando seqüência ao tratamento, com o aumento de 15 (quinze) minutos no intervalo a cada 02 (dois) dias, fecharemos o 14º dia com intervalo de 120 (cento e vinte) minutos, ou seja, 02 (duas) horas para cada meio-cigarro.

Ao chegarmos nesse ponto, constataremos que somente 01(hum) cigarro está sendo fumado a cada 04 (quatro) horas e, se fizermos um retrospecto e compararmos com os 20 (vinte) cigarros fumados por dia antes do início do tratamento, concluiremos que um longo e vitorioso caminho foi percorrido, podendo então, optar pelo consumo de 06 (seis) meio-cigarros, a serem fumados obedecendo ao seguinte critério:

Meio depois do café e meio no intervalo com o almoço.
Meio depois do almoço e meio no intervalo com o jantar.
Meio depois do jantar e meio no intervalo com a cama.

Esse critério poderá ser seguido durante 15 (quinze) dias ou menos.

Passado esse período, os meio-cigarros fumados nos intervalos serão eliminados e o consumo diário passará a ser de 01(hum) cigarro e meio, até que os mesmos sejam esquecidos a partir do café da manhã.

Observações:

Não adianta malhar em ferro frio.
Querer é poder! Basta tão somente uma pequena dose de sacrifício.
Somente as pessoas fortes, com boa vontade, caráter e determinação conseguirão se libertar do vício.
As montanhas suavizam-se a voz do posso e derretem-se a voz do quero.

BOA SORTE!

Rosemildo Sales Furtado

E-mail: pio1furtado@oi.com.br
Pio1furtado@hotmail.com.br

Um comentário:

Poções de Arte disse...

Bom dia, Furtado!
Feliz ano!!!

Uma receitinha com propósito. Achei interessante, pois sempre ouço os fumantes falando que não conseguem parar.
Mas também conheço alguns que decidiram parar e de um dia para outro não fumaram mais. Aí é força de vontade demais, né?

Abraços esmagadores.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...