segunda-feira, 27 de junho de 2016

São Pedro.




SÃO PEDRO

Dizem que São Pedro é quem abre a porta do Céu, mas somos nós quem a abrimos, quando aqui em baixo, fazemos por merecer o direito à chave. Ele apenas fica observando e gozando com a cara de quem chega querendo entrar com uma chave falsa e não consegue abri-la.

R.S. Furtado

UM FELIZ SÃO PEDRO PARA TODOS!

Visite também:
Clicando aqui:
 

segunda-feira, 20 de junho de 2016

João Batista.




JOÃO BATISTA

Quando na sua vida térrea andava,
A divina doutrina semeando.
João Batista somente executava,
O que lhe ia o senhor determinando.

Belo, risonho, a fronte aureolando,
A vinda do senhor anunciava.
Seu verbo celestial lusificando,
A verdade claríssima espalhava.

Mas tendo um dia, o santo reprovado,
O amor de alguém que desfrutava alteza,
Por ordem regia, morre degolado.

E, entre os troféus que o paraíso encerra,
Hoje está sua morte em glória acesa,
-Único prêmio que alcançou na terra.

RS Furtado

Reedição

FELIZ SÃO JOÃO PARA TODOS!

Clicando aqui:

domingo, 12 de junho de 2016

Pidido de incaiada.




PIDIDO DE INCAIADA

Já tava eu toda discunsolada,
Muito triste e incabrunhada,
Sozinha, no véio barracão.
Pensando cuma ia brincá,
Sem tê ninguém pra dançá,
Na festa qui vem di São Jão.

Pedi pro meu Santo Antonho,
Qui mi tirasse dos sonho,
E arrumasse um home pra eu.
Mermo vendo minha cara suja,
Mucha e feia cuma uma curuja,
Bem bonzim, ele mi atendeu.

Quem sabe, pra fazê um teste,
Mi arrumou um cabra da peste,
Pra mode vê si mi agradava eu.
Quando butei os óio nele,
Vi logo qui ia gostá dele,
E ele logo ia gostá de eu.

O cabra é inté bom de dança,
Mais ainda, quando enche a pança,
Vai dançá tudo qui aparecê.
E pra festança qui tá chegando,
Eu já tõ logo mi preparando,
Pruquê vou brincá pra valê.

R.S. Furtado.

Visite também:
Clicando aqui:

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Reencontro.

REENCONTRO

Bastante dolorosa foi a nossa separação,
Impondo-nos à distância, que dói, maltrata.
Fruto da inveja, desamor e incompreensão,
Daquela que fere e com palavras destrata.

Sofri muito sim, grande foi o meu tormento,
A saudade aflorava, sem dó, sem piedade.
Lembrar dos nossos bons instantes era um alento,
Pois me trazia consolo, um pouco de felicidade.

Busquei sempre, de várias formas te encontrar,
Transpus barreiras, me empenhei, não relutei.
Até que DEUS, nosso PAI, resolveu me iluminar,
E com a sua graça, estou feliz, te reencontrei.

Pouco importa pra mim, como ora estejas
E se o passar do tempo te trouxe algum dano.
Pouco importa pra mim, o que hoje sejas,
Pois o que mais importa, é que ainda te amo.

R.S. Furtado

Visite também:
Clicando aqui:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...