terça-feira, 25 de março de 2014

Sonhar.


SONHAR

Sonhar é transportar-se em asas de ouro e aço
Aos páramos azuis da luz e da harmonia;
É ambicionar o céu; é dominar o espaço,
Num vôo poderoso e audaz da fantasia.

Fugir ao mundo vil, tão vil que, sem cansaço,
Engana, e menospreza, e zomba, e calunia;
Encastelar-se, enfim, no deslumbrante paço
De um sonho puro e bom, de paz e de alegria.

É ver no lago um mar, nas nuvens um castelo,
Na luz de um pirilampo um sol pequeno e belo;
É alçar, constantemente, o olhar ao céu profundo.

Sonhar é ter um grande ideal na inglória lida:
Tão grande que não cabe inteiro nesta vida,
Tão puro que não vive em plagas deste mundo.

Helena Kolody

Nascimento: 12 de outubro de 1912 em Cruz Machado, Paraná, Brasil
Morte: 15 de fevereiro de 2004 (91 anos) Curitiba, Paraná, Brasil
Nacionalidade: brasileira
Ocupação poetisa, professora

Seus pais foram imigrantes ucranianos que se conheceram no Brasil. Helena passou parte da infância na cidade de Rio Negro, onde fez o curso primário. Estudou piano, pintura e, aos doze anos, fez seus primeiros versos.

Seu primeiro poema publicado foi a lágrima, aos 16 anos de idade, e a divulgação de seus trabalhos, na época, era através da revista Marinha, de Paranaguá. Leia mais aqui:

Visite também: 

10 comentários:

Luconi Marcia Maria disse...

LINDO!!!!! e verdadeiro, quem não consegue sonhar não vive, não tem esperanças, parabéns linda escolha, beijos Luconi

✿ chica disse...

Helena é sempre maravilhosa!Adoro e gostei muito dessa poesia! Sonhar é preciso e sempre...ainda que nem mais consigamos dormir! abração,chica

Vento disse...

oh Furtado, achei maravilhosamente lindo este soneto
lindo e reflexivo
contém uma mensagem bem real
vale a pena interiorizar
tranquiliza
acalma

gosto da tua amizade
e das tuas palavras

grata
beijo amigo.

Daniel Costa disse...

Rosemildo, senti mais este prazer de ler mais um excelente poema de uma grande poeta brasileira. Helena Colody.
Abraços

eduardo maria nunes disse...

Não sei não, se sonhar é isso,
Querer voar sem ter asas
Cai no chão fica todo partido!

Voar nas nuvens é outra coisa,
Os pesadelos são fatais
É ilusão sonhar com coisa boa
Quando os sonhos não são reias!

Gostei do seu poema
está bem escrito
Ser o sonho o seu tema
Um a braço meu amigo.

Boa noite para você.
amigo Ricardo!

Zilani Célia disse...

OI ROSEMILDO!
LINDO!
POETAS BRASILEIROS, AQUI HOMENAGEADOS E NOS DANDO A OPORTUNIDADE DE CONHECÊ-LOS E A SEUS TRABALHOS, MUITO LEGAL.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Clau disse...

Olá Furtado :)
Amei a postagem!
Ganhei o dia, pois ler sobre Helena Kolody, é um presente.
Ela é uma das minhas poetisas preferidas, e realmente dominava a arte de dizer o máximo, com o mínimo.
É maravilhosa, essa poesia 'Sonhar'.
Bjs.

Lau Milesi disse...

Olá Furtado,como vai!Excelente escolha.
Adoro Helena Kolody.Que poema!! Existe um poema dela que não lembro o nome agora,que diz:"de mãos postas, a menina fielmente repetia palavras que ela ignorava,mas Deus entendia".Realmente,é uma mestra nas letrinhas.
Um beijo pra você,amigo,e pra família.

Lau Milesi disse...

Leia como vai? Desculpe.

Lu Nogfer disse...

Tao bom sonhar! Sonhar tem a imensidão de vivermos duas vidas. Uma na realidade e outra fora.

Linda poetisa! O brasil é mesmo rico em poetas. Parabens pela partilha!

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...