terça-feira, 2 de julho de 2013

Os treze sintomas das doenças mentais.



OS TREZE SINTOMAS DAS DOENÇAS MENTAIS 

1952 – Divulgan-se os treze sintomas das doenças mentais – A Comissão de Releções Públicas, em Nova Iorque, distribuiu um panfleto, esclarecendo:

Um indivíduo que apresente os seguintes sintomas durante certo tempo, necessita, sem a menor dúvida, de cuidados psiquiátricos:”

1.º) Viver num mundo à parte, recusando-se a enfrentar os seus problemas.

2.º) Ter a ilusão de que todos o perseguem.

3.º) Considerar-se incapaz.

4.º) Sofrer agonias ao ter de tomar uma decisão.

5.º) Apresentar atitudes que oscilam como um pêndulo entre a alegria e a depressão.

6.º) Insistir em que está doente, embora os exames médicos não revelem qualquer alteração física.

7.º) Não dormir sem remédios.

8.º) Ser excessivamente irritável, e dado a explosões temperamentais.

9.º) Perder o interesse em sua aparência, em seu trabalho, em sua família.

10.º) Falar nervosamente, pulando de um assunto para outro.

11.º) Gastar mais do que pode.

12.º) Sentir-se oprimido por receios infundados.

13.º) Ouvir ou ver coisas fantásticas.

Nota: Este trabalho é o resultado de pesquisas realizadas pelo ilustre professor Elias Barreto e publicado pela Enciclopédia das Grandes Invenções e Descobertas, edição de 1967, volume 5, páginas 818/819. 

Visite também: 

 

4 comentários:

✿ chica disse...

Foi em 1967 e agora poderíamos colocar tantas outras coisas, como querer o poder, ficar escondidinho atrás da presidenta, queimar carros, infiltrar-se em manifestações lícitas pra bagunçar,quebrar lojas,Tantas coisinhas...

abração,chica

Livinha disse...

Meu caro e grande amigo,
o que dizer dessa postagem
se todos no mundo tem um pouco disso...
Senão que não há pessoas perfeitas,
todas de alguma forma e razão, tem um desses itens que apresentas, porque faz parte de todos nós e quem ainda se vê ileso disso, qualquer coisa que na ventura venha a acontecer e se não houver suporte para tanto, haverá de manifestar. Digo que as relações estão em causa e efeito. Assim a cada cruzada de caminho, há que se manter invicto, sabendo que qualquer travessia podemos ser pegos pelo comboio do tempo e por aí dizer fatal...

Adorei!

Beijinhos e feliz semana

Livinha

Daniel Costa disse...

Rosemildo

Lendo e relendo o trabalho, vemos assegurada a máxima: "... de louco todos temos um pouco".
Abraço

Anne Lieri disse...

Muito interessante essa pesquisa e pode ajudar muitas pessoas.bjs,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...