domingo, 28 de julho de 2013

Cleópatra.


   CLEÓPATRA
  
Sob o pálio de um céu broslado de cambiantes,   
a galera real, de tírias velas têsas,
avança rio a dentro, arfando de riquezas,
cheia de um resplendor de pedras coruscantes.        

Sob um dossel de bisso, entre espirais ebriantes
de incenso, a escultural princesa das princesas
cisma... Remos de prata, à flor das correntezas,
deixam móbeis jardins de bolhas trepidantes...

Soluçam harpas d'oiro às mãos de ancilas belas;
branda aragem enfuna a púrpura das velas
e à tona da água alveja um espumoso friso.

E a Náiade do Egito, ao ver a frota ingente
de Marco Antônio, ri, levando unicamente
contra as lanças de Roma a graça de um sorriso...

Gustavo Teixeira 



Leia mais um belo soneto e a biografia do autor, aqui:

Visite também:


6 comentários:

✿ chica disse...

Linda poesia e escolha pra compartilhar! abração, ótimo domingo!chica

ReltiH disse...

UNA DEDICATORIA MUY BONITA.
UN ABRAZO

Daniel Costa disse...

Aqui, não falemos apenas de soberba poesia, realcemos também a riqueza de vocabulário.
Abraço

Anne Lieri disse...

Divina inspiração na rainha do Egito!Muito lindo poema.bjs e boa semana,

Cristina disse...

Un poema extraordinario ¿será que soy apasionada por la cultura egipcia?
Cleopatra fue una mujer que vivió intensamente, como intensos son estos versos!
Gracias por compartirlos, abrazos miles!

LUCONI disse...

Lindo isto, obrigada por compartilhar, eu não conhecia este autor, grata pela tua visita em minha casa, mas a tua é muito linda, abraços Luconi

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...