segunda-feira, 28 de maio de 2012

À Memória de Natália Correia.


À MEMÓRIA DE NATÁLIA CORREIA 

Tu vinhas com as flamas, flor imensa, 
Dançando nos teus dramas, onde a fera 
Tinha garras de gata na sentença 
E a Lua cor de prata era quimera. 

Vestida ou qual Diana eras Provença, 
Qual deusa do piano eras Citera; 
Coríntia te vi eu, que a flor é crença, 
E Cynthia te chamava a Primavera. 

Quisera ver-te Lua, ver-te Mãe 
Na graça, a graça tua em que ensaiaste 
Do trovador a voz. E digo amém 

Á verdura da flor, à sua haste 
Que diz a todos nós, grita também: - 
- “Madre, ó Mãe, porque é que nos criaste?” 

Paulo Brito e Abreu 


Paulo Jorge Cardoso de Oliveira Brito e Abreu, de seu nome completo, nasceu na cidade de Lisboa, a 27 de Maio de 1960. Além de cantor, ele é Poeta, conferencista, ensaísta, filósofo e crítico literário. Licenciou-se, em 1986, em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. A 30 de Novembro de 1999, Brito e Abreu recebeu, vindo do Brasil, o título de Sócio Correspondente da Academia Carioca de Letras, tendo-lhe sido outorgada, no ano 2000, pela União Brasileira de Escritores, a Medalha Peregrino Júnior, «por seu admirável labor de intercâmbio cultural». Em 2006, pelo conjunto da sua actividade como Escritor e publicista, a Escola Secundária D. Diniz concedeu-lhe, adrede e com ardor, a láurea simbiótica e medalha simbólica. Por o atro e o estertor da Pátria em que nasceu, fez Paulo Jorge Brito e Abreu, recentemente, frente à estátua de Gualdim Pais, em Tomar, um voto perante Deus e o juramento Templário. 

Fonte : http://www.harmoniadomundo.net

Visite também:

7 comentários:

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia amado !!!!!
Que fazes com as tuas segundas-feiras ?
As minhas chegam muito preguiçosas...por isso que vou visitar os amigos para ganhar energia,kkkkkkkk
Aqui é lugar certo,sei!
Espaço cheio de intelectualidade...com cheiro de livros...
bjs de bom dia !

✿ chica disse...

Linda poesia e dedicatória! abração,ótima semana,chica

Everson Russo disse...

Um belíssimo poema meu amigo...abraços de boa segunda pra ti.

Si Arian disse...

Olá querido...
Vim te desejar uma semana maravilhosa.
Beijos na alma

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo...abraços.

edumanes disse...

Linda homenagem a essa grande senhora NATÁLIA CORREIA.

Flor imensa
Lua cor de prata
Numa sentença
Justiça ingrata!

Que condena
Mas não mata
Grande ou pequena
Conforme a zaragata!

Boa terça-feira
um abraço
Eduardo.

Sonhadora disse...

meu querido amigo

Uma boa escolha como sempre...um lindo poema.
Natália Correia era uma poetisa fabulosa.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...