sábado, 24 de outubro de 2009

Resposta a um passarinho cantando.

http://api.ning.com/files/vaBRVGKu-A*17ObxJ5HuGe8dg3ccpet-IJEQPgOAGdQdSVOlUN8ClKA0Zd9Fn06-WVsLioR3*ol7pW2QzFu*SbdZaPJJ40AR/OCANTODOSPSSAROS.png

RESPOSTA A UM PASSARINHO CANTANDO

Contente, alegre, ufano Passarinho
que enchendo o bosque todo de harmonia,
me está dizendo a tua melodia,
que é maior tua voz, que o teu biquinho:

como da pequenez desse corpinho
sai tão grande tropel de vozeria?
Como cantas, se és flor de Alexandria?
Como cheiras, se és pássaro de arminho?

Simples cantas, incauto garganteias,
sem ver que estás chamando ao homicida,
que te segue por passos de garganta.

Não cantes mais, que a morte lisonjeias,
esconde a voz, esconderás a vida,
que em ti não se vê mais que a voz que canta.

Gregório de Matos.
(1633-1696).
Poesia Barroca.

15 comentários:

Livinha disse...

"como da pequenez desse corpinho
sai tão grande tropel de vozeria?
Como cantas, se és flor de Alexandria?
Como cheiras, se és pássaro de arminho?"

Furtado,

A essência que se exala, faz todos os sentidos, quando um coração que ama, está na mesma sintonia...

Belíssimo verso...
Gregório Matos

Lindo domingo junto aos seus..
Bjss

stella disse...

Bella poesia Furtado.

Andresa disse...

Ola doce e amado amigo
Que linda essa poesia, mas não a conhecia.... tive o praver de apreciar neste momento.
Uma linda escolha
bjs
Andresa

LadyButerfly disse...

Olá amigo!!!Lindo poema... Beijo grande e um bom começo de semana...

Sonia Schmorantz disse...

Vim deixar meu abraço e te desejar uma maravilhosa nova semana!

Clau Assi disse...

Sempr excelentes escolhas!!
Parabéns, Furtado!!

Beijos ternurentos

Everson Russo disse...

Belissimo poema, forte abraço amigo e uma otima semana cheia de paz....

Maria L. Bózoli disse...

Simplesmente maravilhoso este blog

Parabénsssssssssssss

Maria L. Bózoli disse...

Agradeço sua visita e suasamabilidade.
Me visite sempre....Com certeza aqui voltarei.

Excelente semana.......Beijosssss

Fatima disse...

Bj querido e uma ótima semana pra vc.

REGGINA MOON disse...

Rosemildo,

Bonito poema de Gregório de Matos...gostei muito!

Um beijo e tenha uma boa semana!

Reggina Moon

Valéria disse...

Que singela essa poesia de Gregório de Matos.

REGGINA MOON disse...

Rosemildo,

Tem selinho para retirar em meu Blog Verso & Prosa, na postagem de 23/10.

Um grande beijo!

Reggina Moon

uminuto disse...

belas palavras
um beijo

Cris Poulain disse...

Furtado que bom que me achastes, pois estava perdida reconstruindo meu mundo virtual, perdi todos os contatos, o Orkut, o blog, aquele lilás que seguias, agora não posso mais postar. Alguém invadiu a minha conta, isto já faz uns dois meses, neste tempo fiquei reconstruindo tudo, ainda falta muito.
Queria que me acompanhasses, agora, no preto, pois estou criando novos textos e passando para lá, os textos que estavam no blog nuances lilases. Passou a ser agora: minhas, tuas, nossas singularidades.
FIQUEI feliz também que me achou no blog da águia, aquele é trabalho,é um arquivo de alguns shows que um grupo da cidade realiza,sou da parte de roteiro.
Caso puderes me dar novamente teu e-mail, aceito e virei, sempre, aqui.
MAS O meu blog realmente é perto agora.
Muito que fizeram comigo, nem imagino quem, nem o porquê, mas vamos sacudir a poeira era e re-inventarmos.

Bela poesia, precisamos saber enxergar, só assim daremos valor aquilo que, realmente, tem.
Beijos da amiga Cris.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...