segunda-feira, 4 de maio de 2009

Fé, esperança e caridade

FÉ, ESPERANÇA E CARIDADE
http://horvallis.free.fr/photblog3/orlando21.jpg
Eram três anjos – e uma só mulher!

Quando a infância corria alegre, à toa,
Como a primeira flor que, na lagoa,
Sôbre o cristal das águas se revê,
Em minha infância refletiu-se a tua...
Beijei-te as mãos suaves, pequeninas,
Tinhas um palpitar de asas, divinas...
Eras – o anjo da fé!...

Depois eu te revi... na fronte branca,
Radiava entre pérolas mais franca
A altiva c’roa que a beleza trança!...
Sob os passos da diva triunfante,
Ardente, humilde, arremessei minh’alma,
Por ti sonhei – triunfador – a palma,
Ó – Anjo da Esperança... –

Hoje é o terceiro marco dessa história,
Calcinado aos relâmpagos da glória,
Descri do amor, zombei da eternidade!...
Ai, não! – celeste e peregrina Déa,
Por ti em rosas mudam-se os martírios!
Há no teu seio a maciez dos lírios...
Anjo da Caridade!...

Castro Alves
Curralinho, 20 de junho de 1870.

5 comentários:

Livinha disse...

Belo Poema Furtado, grande Castro Alves!!
Como descrer do amor, primeira palavra, onde a vida principia...
Já pensou se esta palavra fosse assim desconhecida? Nada seriamos,
nem mesmo existiriamos....

Respondendo a sua pergunta em visita ao meu espaço: O vento nunca poderia levar as más recordações, vez que eu não as guardo... melhor assim não é mesmo?

Abraços

Livinh@__

Clau Assi disse...

Oi, Rosemildo, que lindo teu espaço...muito bom ver tantas palavras de qualidades. Parabéns!!
Vim, gostei e voltarei mais vezes.
Obrigada pela visita em nosso blog. Venha mais vezes.

beijos ternurentos

Clau Assi

stella disse...

Fede, speranza e carità!
Giusto?
Sono contenta della tua visita.
Baci.

Ademir Furtado disse...

Olá
Eis que encontro um Furtado seguindo o meu blog.
E vejo que escreves sobre anjos. E o meu nome é Arcanjo.
Será que somos parentes?
Agora fiquei curioso
Grande abraço
Ademir Arcanjo Furtado

Unknown disse...

Alguém poderia me explicar o que quer dizer este poema?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...