segunda-feira, 2 de março de 2015

Momentos.

    
MOMENTOS

Chegaste assim lentamente... De mansinho,
Sem alardes, em silêncio, repleta de emoção.
E conseguiste com malícia e com jeitinho,
Conquistar meu indomado e arisco coração.

Lembro-me ainda como se fosse agora,
Que para troca de carícias, se aguardava o ensejo.
Lembro-me também, da inesquecível hora,
Que fiquei deslumbrado com teu primeiro beijo.

Quantas noites felizes, momentos marcantes,
Momentos de amor, de luxúria, de amantes,
Reveladores momentos, da nossa grande paixão.

Mas, hoje do passado só lembranças existem,
Mais as saudades que massacram e ainda persistem,
E de momentos de tristezas, enchem minha solidão.

R.S. Furtado

Visite também:
Com a História da Literatura Portuguesa
 

27 comentários:

Helô Müller disse...

Oi amigo!

Ando sumida, né? Mas eu gosto muito de tê-lo em meus aposentos! Volte sempre... rs
Fiquei feliz quando comecei a ler tua poesia e vi que era sobre o Amor... Mesmo sendo um amor sofrido, é um tema que nos envolve até o último fio de cabelo!

Ando triste com a possibilidade do Blogger fechar o meu Blog, somente a convidados.... ( não só o meu, mas a todos os que contenham imagens de nudez )

Bj grande e desculpe a ausência, mas não é um privilégio só seu, estou sumida de tudo!!

Helô

✿ chica disse...

Que linda poesia e saudade de belos momentos vividos! Valeu! Linda semana e MARÇO pra ti! abração,chica

Silenciosamente ouvindo... disse...

Meu amigo gostei muito deste seu poema.
Vou inseri-lo(penso que não se
importará), com os devidos créditos.
Gosto de ter no meu blogue referências
a blogues que considero de qualidade,
como é o seu.
Um abraço
Irene Alves

Andradarte disse...

Por aqui também há belos Momentos...não são só tristezas.
Lindo soneto
Abraço

Magia da Inês disse...

⋰˚هჱܓ
Esses momentos são sempre belos!
Encantam!!!
Beijinhos e tudo de bom nessa semana, amigo!
ه°·✿

Nilson Barcelli disse...

O amor só é eterno enquanto dura...
Excelente poema, gostei imenso.
Boa semana, caro amigo Furtado.
Abraço.

Laura Santos disse...

Uau! Que belo soneto, Furtado!
Que pena que só ficaram as lembranças vestidas de saudade...
Gostei muito!
xx

Edumanes disse...

Momento amoroso,
assim naquela posição
seja o prazer delicioso
em qualquer ocasião.

para o fazer haja vontade,
sem exitação nem incerteza
não deixar fugir a felicidade
assim, manter a candeia acesa!

Belo poema de amor e paixão,
e muito mais ainda
em silêncio não se incomodarão
não desperdiçar o que há de bom na vida!

Desejo-lhe um bom dia amigo Furtado, um abraço,
Eduardo.

Dorli disse...

Bom dia Rosemildo
Não deveria existir lembranças do passado. Dói muito.
Beijos no coração
Lua Siongular

Bell disse...

Se tem sdd é pq valeu a pena, mas não podemos viver de passado.

Um lindo dia pra vc =)

Vera Lúcia disse...


Olá Furtado,

Você retornou ainda mais inspirado.
Lindo o soneto, que é envolvente e repleto de sentimentos. No caso, a triste solidão é plena de lembranças e saudades de momentos que valeram a pena ser vividos.

Abraço.

Fruto do Espírito disse...

Parabéns pelo poema...
Fique na paz de Cristo,
***Lucy***

victoria disse...

Mi querido amigo gracias de corazón por tu cariñoso comentraio es bueno saber que tienes personas que te aprecian a pesar de la lejania y la lengua

Tu poema me ha transportado a esos momentos de sueños y amor!!

Gracias mi niño
Con cariño Victoria

marga disse...

recuerdos de momentos que llenan vacíos cuando es lo único que queda
bonito poema :)
te dejo un abrazo, Rosemildo

Maria Teresa Valente disse...

Lindo poema Furtado, mostram sentimentos de muito amor e sofrimento da saudade deixada.
O sofrimento nos lapida, isso aprendi, mas também nos fortalecem, para suportar a vida, muito lindo, obrigada por partilhar, abraços carinhosos
Maria Teresa

CÉU disse...

Desconhecia esses "MOMENTOS", Rosemildo, mas estamos sempre a tempo de os viver ou de os ler.

Gosto muito de poesia, e a temática amorosa, sempre me cativou.

Esse seu soneto está magistralmente bem feito, tanto na ideia que você pretendeu transmitir, quanto nas características da própria composição poética/soneto.

Como em tudo na vida, o amor, aqueles momentos, aquele tempo, foi bom, mas, um dia, terminou.
Ficam as lembranças, e como dizem que recordar é viver, a gente "vive", outra vez.

Belos dias.

Abraço, com estima.

Daniel Costa disse...

Rosemildo, quem imagina e escreve um soneto desta qualidade, bem se pode dispensar de outras opções.
Abraços

Tais Luso disse...

Se não fosse essa alternância onde entram lindos momentos, o que sobraria da vida?
Belo poema!
Grande abraço, amigo Furtado!

Vanuza Pantaleão disse...

Feliz é aquele que pode recordar tão doces momentos. Você é um deles, amigo.
Gostei muito da sua visita, Rosemildo, e que tenha um bom restinho de semana.
Beijos!!!

Helena disse...

Gosto da forma poética do soneto. A sonoridade nele apresentada vai nos entranhando a alma de mansinho a partir da leitura de cada verso. É uma composição bonita, gostosa de se ler, de sentir. E este seu Momentos, meu amigo, traz na lembrança tudo aquilo que se viveu, que foi bonito, que foi importante em determinada época da vida. A última estrofe dá conta da importância de tudo aquilo que foi vivido e culmina com este belo verso "E de momentos de tristezas, enchem minha solidão" que também dá a dimensão da saudade que ficou. Mui belo, meu amigo, como tudo aquilo que te sai do coração.
Que as tuas horas sejam enfeitadas de sorrisos e estrelas.
Com apreço,
Helena

ReltiH disse...

CUÁNTAS NOSTALGIAS...!
UN ABRAZO

Mariazita disse...

Olá, Furtado
Tenho andado, aos poucos e de acordo com a disponibilidade de tempo, a agradecer a presença na "festa de aniversário" da minha «CASA».
Hoje chegou a sua vez! Algum dia havia de chegar -:)
Obrigada!

É claro que continuarei a vir visitar este e o outro blog sempre que me for possível. Agora, que estou dedicando a maior parte de meu tempo à escrita de meu segundo livro, não será com tanta frequência como eu desejaria, mas sempre que houver hipóteses, cá estarei.

O seu soneto é muito lindo!
Quando o amor pertence ao passado... as recordações preenchem o nosso coração, e ajudam-nos a suportar a ausência, quiçá a solidão.

Desejo-lhe um excelente final de semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Evanir disse...

Meu Amigo.
venho desejar um feliz e abençoado final de semana.
Abraços..
Evanir.

Lau Milesi disse...

Uau!! Que beleza de soneto!! O bom da vida são os bons momentos.Mesmo que eles um dia terminem, passem, ficam as lembranças.
Adorei!!
Um beijo pra você, amigo, e pra sua família.

Lau Milesi disse...

Uau!! Que beleza de soneto!! O bom da vida são os bons momentos.Mesmo que eles um dia terminem, passem, ficam as lembranças.
Adorei!!
Um beijo pra você, amigo, e pra sua família.

Marisete Zanon disse...

Adorei tudo! Poemas, fotos e o carinho que tratas as pessoas.
Um abraço
Volto!

GERALDO RIBEIRO disse...

Olá, Rosemildo

Tirei um tempo para ver coisas boas, esta sua página é um bom lugar para se relaxar, o poema foi nota dez.

Um abraço, paz e bem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...