quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Tentação.

 

TENTAÇÃO

Trajando a cor do céu, entra na igreja,
Que está deserta. Ajoelha-se ante o altar.
A cruz na frente pura sinaliza,
Inclina a arca cabeça, e, põe-se a orar.

Deseja, é, desconhece o que deseja,
Sente sua alma cândida vibrar.
Por isso ela ante a imagem enfazeja,
Vai humilde e se angustiosa POSTAR.

Aflita pede a imagem com ansiedade,
Defesas para o virginal tesouro.
E resistência para a castidade.

No entanto, pela nave, encantador,
Revoando adeja-lhe as aladas de ouro,
O anjo - Tentação do céu do amor-.

R.S. Furtado. 

Visite também: 
Clicando aqui:

13 comentários:

✿ chica disse...

Que linda tentação aqui expressa em versos,Rosemildo! Adorei! abração ,lindo dia! chica

Bell disse...

Se Jesus foi tentado imagina nós né?

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Muito belo o seu soneto, Rosemildo.
Feliz dia.
Renata

Nilson Barcelli disse...

O amor é sempre uma tentação...
Magnífico soneto, gostei imenso.
Tem um bom resto de semana, caro amigo Furtado.
Abraço.

Pérola disse...

Somos carne fraca, seres imperfeitos.

A tentação sempre existirá enquanto os humanos acreditarem no bem.

Beijinhos

Vanuza Pantaleão disse...

Oi, amigo!
O anjo-tentação, o cupido, a centelha do amor sempre acaba por atingir a todos nós. Mas sempre foi assim e assim será.
Um soneto muito interessante e belo. Adorei!
Abraços!

ReltiH disse...

SIEMPRE TUS TEXTOS MUY, MUY INTERESANTES E INTELIGENTES.
UN ABRAZO

Anne Lieri disse...

Poema maravilhoso! E haja fé para a tentação de um anjo! bjs,

Helena disse...

Quando o anjo Cupido resolve cobrir alguém com suas belas e delicadas asas não há como escapar da tentação.
Um lindo poema, amigo, como todos aqueles que já tive oportunidade de apreciar.
Muito grata pela consideração demonstrada no meu cantinho e pelas explicações dadas. Será sempre um prazer ler-te e também uma honra receber tua visita.
Ficam sorrisos a brincar entre as estrelas, desejando-te um lindo domingo e uma semana de paz e alegrias,
Helena

José María Souza Costa disse...


Olá, Rosemildo.
Pois é, nem sempre, ir à Igreja, ajoelhar e orar significa, que esteja-se concentrado, e por isso livrar-se das tentações. Outrora, em um tempo já distante, os bancos das igrejas, eram locais de negócios. Muitíssimo colocado esse soneto, na sua postagem. Abraços e bom tudo

Tais Luso disse...

rss, isso faz lembrar dos confessionários: ajoelha, pede perdão, reza 3 Ave-marias + 3 Pai-Nossos e tá dado o perdão!
Na semana seguinte tudo se repete...
Gostei!!
Grande abraço, Furtado.

Dorli disse...

Oi Rosemildo,

Faz tempo e o tempo não importa, não vai mais ter tempo.
A gente se encontrava por aí.Não mais vai se encontrar. (entendeu?)
Beijos
Lua Singular

✿ chica disse...

Rosemildo, adorei tua presença e carinho lá no sementinhas! Obrigadão e tivemos uma bela festinha, em família pra festejar o Neno! abração,chica

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...