quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Infância.

 

INFÂNCIA

e jogava o pião com Deus
enquanto minha mãe estendia roupa
e o meu pai mendigava o pão

e minha alegria nesse tempo
era muito próxima da dos meninos
e de Deus que ganhava sempre

e não sei quem perdi primeiro:
o pião ou Deus
apenas sei que Deus continua
a jogar com outros meninos

e que no Outono quando saio à praça
nos sentamos e falamos muito
do suave rodopiar das folhas

Daniel Faria
Leia mais um belo poema e a biografia do autor aqui:

Visite também:

4 comentários:

✿ chica disse...

Sensacional poesia.Linda, adorei!!Fala como se estivesse ao nosso lado o autor! abração praiano,chica

Carla Fernanda disse...

INOCENTE E LINDO ROSEMILDO!! PURO DEMAIS!!!

BEIJOS

Joaninha Musical disse...

Lembro-me de muita pouca coisa da minha infância,mas de uma coisa que não me esqueço nunca,foi de visitar o portugal dos pequeninos em coimbra cá no meu lindo país de portugal. Foi uma viagem linda e perfeita!! Pena,eu,na altura,não ter ainda maquina fotografica para tirar fotografias. Continua sendo feliz,meu querido amigo,tudo de bom!! http://musiquinhasdajoaninha.blogspot.pt

Felisberto Junior disse...

Olá, Rosemildo
Belo escrito do Daniel...
Claro que aqui faço uma generalização, mas é sabido que a maioria das crianças, de hoje, não recebem uma educação adequada. E sem receber esta educação, e principalmente, sem ter modelos a seguir, elas acabam por seguir tudo o que vêem ao seu redor. E é isso que dita a formação do seu caráter...o lado ruim da vida e se perdendo por caminhos errados.
Com o passar do tempo tudo muda, a sociedade muda e não seria diferente com os pequenos também. Porém, ao meu ver, ao invés de evoluir para algo bom, a infância está cada vez mais deixando de existir. Ou, pelo menos, da forma que era.
Bom dia, Obrigado pela visita, bela semana, abraços!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...