segunda-feira, 5 de março de 2018

Em busca da felicidade.


EM BUSCA DA FELICIDADE 

Já não mais sinto a falta dos teus beijos,
Nem tampouco lembro mais dos teus carinhos.
Tudo mudou, eu já não tenho mais desejos,
De ter-te nos braços, como antes em nossos ninhos.

Já não mais me importo com essa tua ausência,
Tua presença em nada acrescenta atualmente.
Se antes te implorava e rogava por clemência,
Neste momento, tanto faz, para mim é indiferente.

O tempo passa, as coisas mudam, tudo acontece,
Tudo que começa, com certeza, um dia terá fim.
Se os sentimentos mudam nos outros, é o que parece,
Por que então, haveria de ser diferente em mim?

Procures alguém que te ame e te faça muito feliz,
E que aceite essa tua forma de amar, que não aceitei.
Pois esse não foi o grande amor que eu sempre quis,
Parti em busca da felicidade, sou feliz, a encontrei.

R.S. Furtado.

Visite também:
Clicando aqui:

12 comentários:

✿ chica disse...

Linda busca e encontro da felicidade!Beleza de poesia! abração,ótima semana,chica

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

A solidez da felicidade é fruto de, mutuamente, dar e receber.

Abraço
SOL

Jaime Portela disse...

Há quem diga que a felicidade está dentro de nós... e que basta procurá-la.
Enfim, o que interessa mesmo é o poema, do qual gostei muito. É magnífico, parabéns.
Boa semana, caro Furtado.
Abraço.

CÉU disse...

Olá, Rosemildo!

Tudo bem? Por aqui, tempo mto desagradável. Eu estou bem, embora amanhã tenha de "dar a mão à palmatória", que é como quem diz, ao cirurgião. Enfim, serenidade e expetativa, com o é natural.

Gostei mto do seu poema, pois está mto bem feito, bem estruturado e a semântica se mantém com uma sequência certinha.
Ser sincero é uma qualidade e quem já não sente, nem precisa de um antigo amor, o melhor é fazer como "você" fez: partiu para outra, reencontrando a felicidade.

A imagem conjuga-se mto bem com suas palavras. Está agradecendo aos céus.

Estarei algum tempo sem postar, nem comentar. Logo que possa, aparecerei por aqui.

Beijos e dias bem felizes.

Artes e escritas disse...

Libertando-se do apego, certamente você estará melhor. Um abraço, Yayá.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Não é fácil encontrar a felicidade, felizes dos que a encontram.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Elvira Carvalho disse...

Sempre acreditei que a felicidade está dentro de nós. É um erro tentar encontrá-la noutra pessoa, ou coisa. Se não temos a noção de que a possuímos, vamos andar toda a vida a sofrer deceções.
Abraço

http://pensandoempoesia.blogspot.com.br disse...

Olá caro Rosemiro,

Num relcionamento, qdo um dos dois não sente ausência, a coisa não vai bem, o melhor a fazer é sair fora, amor unilateral ninguém merece. Um poema enxuto com um toque sutil de desilusão!

Seja feliz amigo.
Que seu dia seja azul cheinho de paz!
Bjs no coração!

Mariazita disse...

Olá, Furtado
Gostei imenso do teu poema.
Desligar-se de alguém que se amou nem sempre é fácil... mas a procura da felicidade a tanto obriga.


Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Maria Rodrigues disse...

Por vezes o melhor é cada um seguir o seu caminho.
O importante é encontrarmos o nosso próprio caminho para a felicidade.
Um abraço
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Smareis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Smareis disse...

Um belo poema Furtado,
As vezes é difícil encontrar essa tal felicidade. Mais a gente não desiste, sempre esta a procura...

Um ótimo fim de semana!
Um abraço, e um sorriso!
(Tem atualização por lá.)