segunda-feira, 28 de agosto de 2017

O Adeus.

   

O ADEUS 

Eu já não mais entendo ao certo,
Este teu modo estranho de agir.
Me rejeitas se estou por perto,
Me reclamas se não posso vir.

Criticas quando estou ausente,
Lamentas de suposta solidão.
E com este teu jeito demente,
Me falas de amor e paixão.

Estou farto das tuas artimanhas,
Das tuas promessas descabidas.
Pois com mentiras, somente ganhas,
Desamores e dores incontidas.

Sozinho, seguirei meu caminho,
Atrás de carinhos que não sejam teus.
Atrás de alguém para botar no meu ninho,
Pois para ti, somente resta o adeus.

R.S. Furtado.

Visite também:
Clicando aqui:

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Doar.



DOAR 

Doe de coração para ajudar e não para se mostrar, pois não adianta doar e depois se arrepender e lamentar porque doou.”  

R.S. Furtado 

Visite também: 
Clicando aqui:

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Sempre viva.

   

 


SEMPRE VIVA

Quando àquelas saudades me entregaste,
Ao transarmos e o abraço em despedida.
Disseste: unidos são numa só haste,
Como somos nós dois numa só vida.

Assim, tu tão solene, me juraste,
No pungente momento da partida.
Tua face eu beijei, tu me abraçaste
E parti levando a alma constrangida.

As saudades então me acompanharam,
E, quando aquela jura feneceu,
Elas incontinente revelaram.

De uma forma, aliás, mui positiva,
Uma delas (a tua) emurcheceu,
E a outra se transformou em sempre viva.

R.S. Furtado

Visite também:
Clicando aqui:

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Sensatez.

 


SENSATEZ  
A sensatez é o ingrediente prioritário daqueles que elegem a responsabilidade e a dignidade como pratos principais no cardápio.”
R.S. Furtado 
Visite também: 
Clicando aqui:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...