segunda-feira, 5 de junho de 2017

Conclusão.




CONCLUSÃO

Hoje cheguei a mais pura e simples conclusão,
Que já não mais devo insistir, em esperar por ti.
Por que viver enganado, na mais pura ilusão,
Se, com certeza sei, que já há muito te perdi?

As saudades de ti, são o que mais me atormentam,
Nas minhas tristes noites de insônia e de solidão.
Lembranças ou quimeras, são o que alimentam,
A esperança existente no meu pobre coração.

Seguirei minha estrada, viverei minha vida,
Em busca de alguém, que me estenda à mão.
Dê-me um pouco de amor, um pouco de guarida,
E motivos para viver mais uma nova paixão.

Quem sabe um dia, estarei livre, estarei curado,
Desse mal que me aflige, sem dó, sem compaixão.
Foi pensando nisso, que resolvi livrar-me do passado,
E daí, cheguei a essa pura e simples conclusão.

R.S. Furtado.

Visite também:
Clicando aqui:

16 comentários:

✿ chica disse...

Linda poesia, triste conclusão! abraços, linda semana,cheia de coisas boas! chica

Elvira Carvalho disse...

Triste conclusão. Tão triste como o poema.
Resta a esperança da partida para uma nova vida.
Um abraço e uma boa semana

Edumanes disse...

Só agora é que chegou então,
que há muito tempo a perdeu
pobre coitado do seu coração
por causa disso tanto sofreu?

Tenha uma boa noite caro amigo poeta Furtado, um abraço,
Eduardo.

lua singular disse...

Oi Amigo,
Não conseguia achar o lugar para comentar, ia saí, quando dei uma batida no teclado e achei.
Precisa benzer seu blog.kkkk
Amor é assim, um morre, saímos a procura de outro.
Beijos
Lua Singular

CÉU disse...

Um lindo poema, que reflete uma realidade, embora, felizmente, quase em vias de extinção.

Por terminar um amor, a pessoa não pode, nem deve deixar de pensar num outro. O mundo vai continuar e ela estará pronta para amar, de novo.

Beijos e boa semana.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Uma triste conclusão para uma bela poesia meu amigo.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Ana Bailune disse...

Algumas conclusões são necessárias.
Lindo poema!

Poções de Arte disse...

Bom dia, Furtado!

Muitas vezes é necessário colocar uma pedra sobre o passado e seguir.
Sempre há novos caminhos para trilhar e por que não com muito mais beleza?

Belos versos.

Abraços esmagadores.

Vera Lúcia disse...


Muito lindo, Furtado!
Uma conclusáo sábia, já que ninguém merece viver sofrendo por um amor que já se sente perdido. Recomeçar é o caminho para o reencontro da felicidade perdida.

Abraço.

lua singular disse...

Oi Furtado,
Você casou criança e até posso adivinhar o que aconteceu...
Eu não casei por amor, foi o único jeito de morar numa metrópole.Durou 14 anos ele morreu. Voltei para o interior com 37 anos e um garoto de 3 anos. Casei-me por amor aos aos 45 anos e estamos juntos até hoje. Ele foi um anjo que entrou na minha vida para me fazer feliz.
No começo meu filho e ele tinham ciúmes, depois isso passou.kkk
Viajamos muito, mas agora estou meio complicada com os nervos dos pés, mas quando sarar vamos continuar viajando.
Meu filho tem 34 anos está muito bem formado e bom trabalho.
Beijos
Lua Singular

Daniel Costa disse...

Rosemido
"Quem se sujeita a amar, sujeita-se a padecer". Para esquecer um amor, nada com0 outro. Porém o poema é um belo lamento.
Abraço

Cadinho RoCo disse...

Nunca é bom ficar por demais atrelado ao passado.
Cadinho RoCo

AdolfO ReltiH disse...

UN POEMA TRISTE, PERO TAMBIÉN BELLO.
ABRAZOS

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Se conclui, que em verdade,
Esta dor não vai embora.
Pode sobrar a saudade,
Mas a Alma sempre chora.


Abraço
SOL

Maria Rodrigues disse...

Por vezes o melhor mesmo é deixar o passado e seguir em frente.
Lindo poema.
Bom fim de semana
Um abraço
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Jaime Portela disse...

Às vezes as conclusão são mesmo necessárias...
Magnífico poema, parabéns pelo talento poético.
Bom resto de domingo e boa semana, caro Furtado.
Abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...