segunda-feira, 17 de abril de 2017

Paixão ardente.




PAIXÃO ARDENTE

Lá fora, a noite tão linda e fria,
A brisa forte pela janela entrava.
Cá dentro teu corpo, no leito se estendia,
Juntinho e sedento, eu te contemplava.
Com fome de amor, meu corpo explodia,
Ao amanhecer, a gente se amava.

O tempo passou tão rapidamente,
É chegada a hora da separação.
Me abraças, me beijas, tão loucamente,
Acendendo as chamas de uma louca paixão.
Com os corpos trêmulos, então novamente,
Amamos, amamos, rolando no chão.

Nosso amor tão sincero e sublime,
Com nenhum outro pode se comparar.
Tão lindo e brilhante como uma vitrine,
É um amor que igual ninguém vai encontrar.
O senhor nos criou, nos uniu e previne,
Que nada na vida pode nos separar.

R.S. Furtado

Visite também:
Clicando aqui:

9 comentários:

✿ chica disse...

Poesia muito linda,bela inspiração nessa paixão ardente! Ficou DEZ! abração,chica

lua singular disse...

Mama mia,
Lá se foi meu tempo dessa louca paixão, mas é soprar as cinzas que fagulhas incendeia a paixão.
Adorei sua poesia
Beijos no coração
Lua Singular

Vera Lúcia disse...


Romanticamente lindo, Furtado!
Há amores assim, que se perpetuam para o sempre.

Feliz semana!

Abraço.

Marina-Emer disse...

Gracias por tu visita ...feliz semana para ti también y familia.
Hermoso soneto de amor.
saludos

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Uma bela e ardente poesia meu amigo, gostei bastante.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

ReltiH disse...

intenso poema!!!
abrazos

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

A paixão é uma correspondência que o Amor deixa para ser seguida.
Muito bom, Rosemildo.

Abraço
SOL

Jaime Portela disse...

Amor assim é eterno...
Excelente poema, gostei muito.
Parabéns pelo talento.
Bom fim de semana, caro amigo Furtado.
Abraço.

Maria Rodrigues disse...

Que a paixão e o amor perdurem até ao final dos tempos
Lindo poema
Um abraço
Maria

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...