segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Tempo.



TEMPO

Não seja daqueles que vivem exclusivamente para ver o tempo passar, aproveite-o, procure vivê-lo em toda sua intensidade.” 

R.S. Furtado 

Visite também: 
Com a História da Literatura Brasileira 
Clicando aqui:

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Amarga desilusão.


AMARGA DESILUSÃO

Esta tua ausência que em mim tanto dói,
Que impõe e me leva à ingrata solidão.
Maltrata, machuca, e aos poucos corrói,
O pouco que resta do meu pobre coração.

Esta tua indiferença que nada constrói,
Só aumenta a angústia e alimenta a aflição.
E ao passar do tempo, lentamente destrói,
O mais puro amor e uma grande paixão.

Já não mais sou a mesma, viver já não sei,
A vida pra mim já não tem mais fundamento.
Vagueio nas lembranças do tempo que passei.
E alimento-me do mais cruel sofrimento.

Até quando não sei, seguirei resistindo,
Neste mundo carrasco e sem compaixão.
Pois sem ter a ti, aos poucos vou partindo,
E na bagagem levando a amarga desilusão.

R.S. Furtado.

Visite também: 
Com a História da Literatura Brasileira 
Clicando aqui:

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Perguntas.



PERGUNTAS

Não vos preocupeis com as perguntas inocentes que estas crianças vos formularão, mas sim, com as respostas que derdes.”

R.S. Furtado 

Minha humilde homenagem pela passagem do Dia das Crianças. 

Que DEUS abençoe e proteja a todas as crianças do mundo. 

Visite também: 
Com a História da Literatura Brasileira 
Clicando aqui:
 

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Crepuscular.


CREPUSCULAR

Esta nossa paixão já desmedida,
Refletem nossos olhos que se falam.
Já são de outono as flores que na vida,
Nós colhemos, mas não se despetalam.

Tu sentes a tua alma estremecida,
Aos sonhos desventuras que te embalam.
E me sendo a ventura apetecida,
Os meus sonhos aos teus então se igualam.

Com teu meigo sorriso e terno olhar;
Tu me impeles a amar-te ardentemente,
Mesmo sendo um amor crepuscular.

Se de amor para nós um ninho teces,
Embora eu seja um sol já no poente,
Posso dar-te amor, os beijos que mereces.

R.S. Furtado 

Visite também: 
Literatura & Companhia Ilimitada 
Com a História da Literatura Brasileira 
Clicando aqui:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...