segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Crepuscular.


CREPUSCULAR

Esta nossa paixão já desmedida,
Refletem nossos olhos que se falam.
Já são de outono as flores que na vida,
Nós colhemos, mas não se despetalam.

Tu sentes a tua alma estremecida,
Aos sonhos desventuras que te embalam.
E me sendo a ventura apetecida,
Os meus sonhos aos teus então se igualam.

Com teu meigo sorriso e terno olhar;
Tu me impeles a amar-te ardentemente,
Mesmo sendo um amor crepuscular.

Se de amor para nós um ninho teces,
Embora eu seja um sol já no poente,
Posso dar-te amor, os beijos que mereces.

R.S. Furtado 

Visite também: 
Literatura & Companhia Ilimitada 
Com a História da Literatura Brasileira 
Clicando aqui:

13 comentários:

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo poema meu amigo.
Gostei.
Um abraço e boa semana.

✿ chica disse...

Poesia linda, inspirada e romântica! Gostei de ler! abração, ótima semana!chica

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Rosemildo,um poema lindo falando sobre o amor.
Adorei.
Bjs e uma ótima semana.
Carmen Lúcia.

Laura Santos disse...

Ai que lindo, Furtado!
Um Outono de vida no qual as flores colhidas
nunca perderão as suas pétalas, e o amor nunca tem idade.
Muito bonito ver esse teu sentimento perene pela tua amada.
Gostei muito. Uma delícia!
xx

Dorli Ramos disse...

Oi Rosemildo,
Nesse crepúsculo a gente se perde no amor, não há quase nenhum ruído, apenas os suspiros ofegantes.
Beijos no coração
minicontista

Elvira Carvalho disse...

Um poema muito ternurento.
Um abraço e uma boa semana

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Doce Soneto, Rosemildo.
Os sentimentos contam e falam por si.


Abraços

SOL

Jaime Portela disse...

O amor outonal é tão bom como qualquer outro...
Um excelente poema, gostei.
Caro amigo Furtado, tenha um bom resto de semana.
Abraço.

Evanir disse...

Com muito carinho estou passando no seu blog
mesmo distante jamais esqueço de quem sempre me acompanhou
nessa jornada bendita da minha viagem.
Espero sinceramente viajar por muitos anos ainda,
mesmo sentindo dificuldades em varias situações
continuo com fé fervorosa.
Hoje com muita dificuldade ,
mas feliz em poder contar com pessoas lindas como você
sempre foi para mim.
Basta um (OI) para eu saber e sentir que não me esqueceu.
Que , Deus abençoe poderosamente seu final de semana.
Beijos no seu coração carinhosamente..
Evanir..

Andradarte disse...

Lindo,lindo poema....
Excelente.....gostei mesmo...
Sente-se a verdade...
bfs
Abraço

ReltiH disse...

BELLO, EXCELENTE TEMA!!!
ABRAZOS

Maria Rodrigues disse...

Que amor lindo, num poema encantador.
Beijinhos
Maria

CÉU disse...

Tão lindo e sincero seu poema, Rosemildo!
Amor é sempre amor, não interessa idade, nem estação do ano, pke há "folhas" que nunca caem.

Beijos e tudo de bom!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...