segunda-feira, 23 de março de 2015

Nas fases da vida.


NAS FASES DA VIDA

Quando o desabrochar da vida, temos,
É só pelo futuro que esperamos.
Gozamos com devoção o que colhemos,
No presente, e no passado não ligamos.

Chegam tempos, porém, que compreendemos,
Quanto nós, a nós mesmos enganamos;
Se a vida é bela, é quando florescemos,
Não na velhice, que murchando estamos.

E o viver passa a ser abismo escuro,
Então, nós entendemos que o futuro,
Nada mais é que um sonho irrealizado.

E o que nos resta, é confortadamente,
Suavizarmos as mágoas do presente,
Com a cândida lembrança do passado

R.S. Furtado

Visite também:
Com a História da Literatura Portuguesa

20 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Bom dia e votos de uma boa semana
Agradeço a visita e o comentário lá em casa - lidacoelho -

Aqui cumpre-me o dever de o felicitar por tão eloquente soneto sobre a brevidade da nossa vida.

Um tema oportuno, sendo também uma reflexão para este tempo que nos conduz à Pascoa Cristã.

Vivemos um tempo de cegueira mental.
Não reparamos nas coisas mais importantes de cada dia,cada ano ou cada etapa da nossa vida.

✿ chica disse...

Lindíssimo,Rosemildo! A vida, suas fases e nós passando por elas... Bom ter o que lembrar e recordar, quando nos encontramos na atual fase... abração, linda semana,chica

Laura Santos disse...

Maravilhoso, Furtado! Pleno de sabedoria e visão poética.
A vida é bela quando desabrochamos, sim, depois é uma questão de nos tentarmos manter à tona o melhor possível, mas sabendo que caminhamos sempre para o fim, e que o melhor tempo da nossa vida ficou lá atrás...Contudo as nossas memórias são uma grande ajuda para que nos mantenhamos verdadeiramente vivos.
Gostei muito. Parabéns!
Boa semana.
xx

Edumanes disse...

Nas fases da vida,
para o futuro caminhando
cansados na subida
devegar vão andando.

Como será o dia de amanhã,
vivemos, hoje, nele pensando
precisamos de paz e vida sã
para não nos perturbar o sono!

Pensar não adianta,
não evita a velhice
leve como uma pena
a voar nunca caisse!

Enquanto há vida há esperança,
a vida é bela mesmo com canseira
desaparece como nuvem passageira
da juventude fica a lembrança!

Como sempre são, mais um belo poema.
Desejo um bom dia para você amigo Furtado,
um abraço.

lua singular disse...

Belo poema Rosemildo

Construímos sonhos na infância, na adolescência,na maturidade realizamos ou não e na velhice fica só a lembrança.

Filha do Rei disse...

Rosemildo, se analisarmos bem cada fase de nossas vidas tem poesia, só que muitas vezes somente para os lados negativos e esquecemos do que existe de belo.

Parabéns pelo poema. Tenha uma linda semana.Bjs

Wanderley Elian Lima disse...

Por isso temos que aproveitarmos cada etapa de nossa vida.
Abraço

Vera Lúcia disse...


Olá Furtado,

O soneto e lindo e traz uma certa melancolia, inerente a quem já ultrapassou algumas estações da vida.
Quando jovens, queremos chegar logo à fase adulta para conquistarmos a nossa independência, esquecendo-nos de que tal independência requer pesadas responsabilidades. Naquela momento, o que importa é apenas viver e curtir a vida. Na velhice, apesar dos sonhos ainda povoarem a vida, já não há forças para se correr atrás deles e as lembranças são mesmo o que resta para alimentar os dias. Isto quando a memória permite, né?

Muito lindo.

Abraço.

CÉU disse...

É verdade, Rosemildo. A vida é composta por fases, e cada uma delas tem o seu encanto.
Quem, atualmente, já não é jovem, então, é porque já o foi. Vivamos o nosso tempo, a nossa fase etária, com alegria.

Agradeço sua visita e comentário.

Lindo outono!

Beijos.

Maria Teresa Valente disse...

Bom dia Furtado, tudo passa
tão rápido, que não nos damos
conta das fases, que muitas
vezes não aproveitamos.
Muito lindo Furtado, agradeço
Abraços carinhosos
Maria Teresa

SOL da Esteva disse...

A vida, é um caminho
Que temos de percorrer.
Começa, de pequenino,
E dura até morrer.



Abraços


SOL

Marina-Emer disse...

GRACIAS AMIGO ...POR EL COMENTARIO NO TENGO HOY TRABAJO EN EL BLOG PERO GRACIAS ABRAZOS

victoria disse...

Rosemildo así es la vida y terminan ya abuelos poniendonod pañales como al principio de nuestro nacimiento

Una entrada magnifica

Mi cariño Victoria

Andradarte disse...

Que soneto lindo...É uma
verdade, com a qual temos
de viver enquanto cá andarmos.
Um abraço

ReltiH disse...

EXCELENTE DESCRIPCIÓN DE LA VIDA.
ABRAZOS

Zilani Célia disse...

OI ROSEMILDO!
QUE LINDEZA DE TEXTO AMIGO.
PROFUNDO E VERDADEIRO NUM CONTEXTO DE PURA REALIDADE.
GRATA POR TUAS PALAVRAS LÁ NO "SÓ PRA DIZER". ESTOU DE VOLTA E JÁ QUASE TOTALMENTE RECUPERADA.
ABRÇS


http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Daniel Costa disse...

Bela visão poética da vida Rosemildo.

Abraços

Smareis disse...

Um poema maravilhoso e bem construído.
Super real!
Um abraço Rosemildo.
Ótimo fim de semana!

cris braghetto disse...

Olá, Rosemildo.
Eu acredito que na vida, cada fase tem sua beleza. Cabe a nós vivê-las plenamente, o que nem sempre acontece.
Lindo poema!
Beijos.

Wanderley Elian Lima disse...

Muito linda, felicidades para ela, e parabéns para toda família.
Abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...