quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Rosinha.



ROSINHA

Lindinha era a Rosinha, ainda menina,
Um mimo, levadinha e muito sapeca.
Vivia brincando sempre com boneca,
Pois era essa a sua principal rotina.

Cresceu ficou moça, elegante, bonita
E com a boneca logo deixou de brincar.
No cabelo sempre um belo laço de fita,
Quando saía de casa para a rua passear.

Olhava para os lados sempre sorrindo,
Dizia, um bom moço eu vou encontrar.
Quem sabe aquele que ali vem vindo,
Me fará uma proposta para namorar.

Ela não era cigana, mas estava certa,
Ao passar o rapaz, com paixão a olhou.
Sem pensar, de namoro lhe fez a oferta,
E Rosinha feliz, de imediato aceitou.

Com ele namorou, noivou e logo casou,
Algum tempo depois, já não estavam sós.
Pois num certo dia uma prendinha chegou,
E os pais da mulher Rosinha já eram avós.

R.S. Furtado.

Visite também:

9 comentários:

✿ chica disse...

Com o tempo passando e nossas leituras sempre aqui, as coisas acontecem...

Sabes que só de ver o título, tinha certeza que era tua? E fico muito feliz a cada vez que escreves! Adorei a poesia/história da Rosinha que teve seu sonho realizado e agora já casou, procriou e deixou os pais avós...

Legal! abração,chica

Daniel Costa disse...

Que belo poema Rosemildo! Desta vez é da tua autoria e é e mestre.

Abraço

ReltiH disse...

GRAN SONETO MI AMIGO.
UN ABRAZO

Zilani Célia disse...

OI ROSEMILDO!
MUITO SINGELO TEU TEXTO.
FALAS EM PRENDINHA, É COMO SE DIZ, AQUI NO RIO GRANDE DO SUL,DE FORMA CARINHOSA, SE REFERINDO A UMA MENINA, ACHEI ISTO TAMBÉM SINGELO.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Lindalva disse...

Uma bela escrevinhação como sempre amigo Rosemildo. Passando para abraçar-te e fazer um cafuné carinhoso. Te espero na Ilha.

eduardo maria nunes disse...

Foi à praça comprar limões.
A Rosinha, e voltou contente
Bonitinha, sorridente
Apaixona corações.

Amigo Furtado, obrigado pela visita,
e bom domingo também para você e sua família
Um abraço
Eduardo.

Lívia Apetitto disse...

Lindo poema da Rosinha
laço de fita nos cabelos
a desenrolar-se como novelo
confiante saiu a passear,
até no primeiro tropeço,
belo moço a convidou pra namorar
e rosinha sem pestanejar
deu o sim para um viver presente
que se fez futuro ao que se sente.
Segue a vida, tudo simples
o olhar e o enlace sem complicar
a se determinar.
Tudo tão diferente, que o poema
hoje é sonho,
sonho de um passado que ficou
na vida da gente...

Adoro seus poemas Furtado
quisera deixaste a inspiração
de abordar constantemente
a poesia sua não faltar...

Beijinhos e feliz domingo
para ti e os teus...

Livinha

Anônimo disse...

:) de palavras tuas, ou não, a verdade é que as tuas postagens são belissimas.

bj.

Smareis disse...

Olá Rosemildo!

Demorei mais cheguei, estava ausente dos blogs.
Excelente sua poesia, estava com saudades de ler postagem de sua autoria.
Gostei muito da Rosinha.
Bjs e ótima semana!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...