quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Ofertório.





OFERTÓRIO

Foi por vós catecúmenos sombrios
Da excelsa religião do sentimento, 
Que de tudo um vago esquecimento
Vaguei da morte pelos reinos frios; 
 
Buscando a essência em flor do sentimento
Oculta nesses báratros sombrios, 
Onde a voz tumular de ventos frios
Geme o salmo do eterno esquecimento. 

Foi por vós que eu vivi nas outras vidas
As sensações secretas, doloridas, 
Que sufocam os gritos na garganta. 

E é por vós que a minh'alma aniquilada, 
Nos sudários do Sonho amortalhada,
Das próprias ruínas ressurgindo, canta.

Dias Fernandes 
 
CARLOS Augusto Furtado de Mendonça DIAS FERNANDES: Nasceu em 20 de setembro de 1874, na cidade de Mamanguape, Estado da Paraíba e faleceu em 09 de dezembro de 1942, no Hospital da Cruz Vermelha, no Rio de Janeiro. Era filho do Dr. Nepomuceno Dias Fernandes e de D. Maria Augusta Saboia Dias Fernandes. Aprendeu as primeiras letras com a sua mãe, continuando com os professores Luiz Aprígio e Isaac Ribeiro que lhe ministraram aulas de Português e Latim. Aos dezesseis anos já tinha lido Os lusíadas bem como Virgílio e Horácio na língua original. Apesar de Mamanguape se, a esse tempo, um importante centro de exportação de algodão e da cana-de-açúcar, através do porto de Salema, Carlos Fernandes não sentia atração pela cidade que, pela falta de... Leia mais aqui:

Visite também: 


6 comentários:

✿ chica disse...

Intensidade e profundidade aqui! Linda poesia! abração,chica

Carla Fernanda disse...

Viver e morrer, lados da mesma moeda, têm a mesma intensidade...

Bela seleções de poemas e autores fazes sempre Rosemildo!

beijos

Mary disse...

Nem a morte é capaz de vencer o amor!

Muito lindo e profundo!

Rosemildo, tenha um excelente dia!

Evanir disse...

O amor de Deus é considerado o mair de todas as conquistas.
por isso este é o amor de maior força em nosso coração.
E através desse amor , que depositamos nossa fé e esperança
em tudo ,que planejamos para nossas vidas.
Como já é tradição minha a nove anos falar de fé , esperança e
amor hoje não poderia ser diferente voltar sempre , que preciso me ausentar
falando de amor , fé e esperança.
Eu espero , que um dia o amor de Deus seja o maior dentro de todos os corações.
Obrigada pelo seu carinho comigo, obrigada por saber , que existe um cantinho
para mim no seu lindo coração.
Que seu Domingo seja tremendamente lindo beijos,Evanir.
Nunca esqueço vc amigo querido.

Andradarte disse...

Bonito soneto...Mais uma excelente
selecção...
Bom Domingo
Abraço

Leila Silveira disse...

GOSTEI MUITO, DIVULGAR POETAS ACABA SENDO UMA POESIA TAMBÉM, BJINHO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...