segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Proesemar Facilidades.


PROESEMAR FACILIDADES

Métrica, rima, ritmos, a parafernália
Usual, secular caiu de escantilhão
Nalguns, acaso e sorte tentam ritmação,
Mas os versos protestam como em represália.

Prosa e verso já calçam a mesma sandália
E aplaudem Mallarmé só por embirração
Co'a diferença e leis de discriminação,
Não obstante as lições da Fonte de Castália.

Mas quem quer lição hoje de outrem, afinal,
Se o raso quer assentar praça em general
E o poetrasto bisonho é Camões em Constância?

Fazem-me rir a crítica e a sua bitola:
Muita vez, não se sabe quem lidera a bola,
Se a amizade, a nescência, a cor, a petulância.

Amadeu Torres

Amadeu Rodrigues Torres (Cónego), nasceu no lugar da Chasqueira, a 25 de Novembro de 1924, filho de Maria Rodrigues Torres e João Fernandes Torres.

Ingressou no Seminário de Nossa Senhora da Conceição, em Braga, no ano de 1937 e, sendo obrigar a interromper, por doença, os estudos, foi ordenado em 2 de Junho de 1957, após ter concluído o curso eclesiástico de Humanidades, de Filosofia e de Teologia. Celebrou missa nova na paroquial da freguesia a 16 de Junho.

Ainda estudante, colaborava com poesias e artigos em diversas publicações e deu à estampa, com o pseudónimo Castro Gil, o livro de poesias “O meu caminho é este” (1948), ano em que obteve prémio Nacional de poesia com o poema heróico “O Sonho de um Castelo”. No ano seguinte publicou “Sá Carneiro, Miguel Torga, José Régio – Três atitudes perante a vida”. A “Antologia Literária” (séc. XVII, XVIII e XIX), em três volumes, apareceu nos anos de 1965, 1967 e 1969 mas já em 1963 e 65 fizera sair a Colecção Humanitas de pontos modelos liceais de Português, Latim, Grego e Filosofia que foram refundidos até 1975. Leia mais aqui:

Visite também:

3 comentários:

Severa Cabral(escritora) disse...

Belo alvorecer amigo querido!
Passando logo cedinho por aqui e abastecendo-me de filosofia...
bjs e boa semana !

✿ chica disse...

Qiue legal essa poesia e confesso, deu nó na língua ao falar a PROESEMAR.

Lindo! abração,ótima semana,chica

MARILENE disse...

A última estrofe fala por si, de maneira clara. não conhecia o escritor e gostei de sua postagem. Abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...