sábado, 26 de outubro de 2013

Lição sobre a água.



LIÇÃO SOBRE A ÁGUA

Este líquido é água.
Quando pura
é inodora, insípida e incolor.
Reduzida a vapor,
sob tensão e a alta temperatura,
move os êmbolos das máquinas que, por isso,
se denominam máquinas de vapor.

É um bom dissolvente.
Embora com excepções mas de um modo geral,
dissolve tudo bem, bases e sais.
Congela a zero graus centesimais
e ferve a 100, quando à pressão normal.

Foi neste líquido que numa noite cálida de verão,
sob um luar gomoso e branco de camélia,
apareceu a boiar o cadáver de Ofélia
com um nenúfar na mão.

António Gedeão 
 
Leia mais um belo poema e a biografia do autor aqui:

Visite também:

3 comentários:

✿ chica disse...

Belas lições ele passa nessa poesia...E ao final, a surpresa... abração, lindo fds e tudo de bom,chica

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa tarde querido amigo !
Saudades !
Vejo nos versos o calor do sentimento...
Aproveito para dizer que hoje estou no blog da Catiaho com uma linda matéria .

http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/

Lívia Apetitto disse...

Olá Furtado meu amigo!

Fiquei triste por você, sobre o leve acidente que te ocorreu. Tome cuidado menino, ande devagar e preste atenção, se caíres de mal jeito podes quebrar também a mão...

Então, estais melhor?

O Poema é lindo, porém triste na expressão de sentimento do autor, mas dizer que quando todo poeta assim se expressa sua dor e existe alguém que faça poesia mais linda se assim não for?

Olha, dá uma passadinha em minha casa, hoje é meu aniversário e eu recebi um lindo soneto de um grande amigo poeta Samuel e sei que vais adorar conhece-lo.

Fica na paz e feliz domingo pra ti...

Livinha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...