sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Canção para uma rapariga da horta.



CANÇÃO PARA UMA RAPARIGA DA HORTA

Pede o ritmo lento do milhafre a
resvalar sobre o corpo, a loucura
em viagem no frémito dos lábios a
dor, o fogo e o mar no silêncio escuro.

Pede o eco labiríntico das águas
e não digas nada, o vento dói
ao dizer que te espero como nunca
junto ao rumo das gaivotas solitárias.

Pede a fúria das pálpebras bebidas
na vaga tela oculta no farol
a desembocar no infinito embriagado.

Pede a duna atlântica no pensamento
barco perdido no percurso da bruma
a soprar forte na carne de espuma.

Américo Teixeira

Nasceu em São Cosmado, vila dividida entre vales do Douro e o Planalto beirão.

Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas. É doutorando em psicopedagogia na Universidade Pontífica de Salamanca onde se mestrou, desperta para a escrita ainda muito jovem, nomeadamente através da sua participação em diversos jornais regionais.

Professor de Português, sempre manifestou profundas preocupações com o estado da Educação em Portugal, contribuindo com artigos sobre o insucesso escolar no interior do País e sobre a Escola como espaço gerador de sucesso cultural e social, publicados nos jornais Região do Basto e A Página.

Cofundador da “Rádio Onda Livre”, aí manteve um programa semanal de duas horas. Posteriormente, foi colaborador da “Rádios do Porto Reunidos” e da “Rádio Aves”, apresentando programas dedicados especificamente à Cultura de Expressão Portuguesa, nas suas diversas componentes. Leia mais aqui:

Visite também:

9 comentários:

Severa Cabral(escritora) disse...

BELO ALVORECER AMIGO QUERIDO !
GRATA PELA PARTILHA ...
DEIXO O DESEJO DE UM LINDO FINAL DE SEMANA !

✿ chica disse...

Lindo poema e mais um poeta que fico conhecendo por aqui! Ou estou me enganando e já havia lido dele? abração, lindo fds! Tudo de bom,chica

Reggina Moon disse...

Olá Furtado!

Como sempre, bela postagem, trazendo sempre versos e informações valorosas!!

Estava com saudades e estou retornando aos Blogs...

Abraços e ótimo final de semana!

Reggina Moon

Andradarte disse...

Como sempre, poemas profundos....
Belo soneto.
Abraço

ReltiH disse...

GRACIAS POR ESTE TEXTO TAN INTERESANTE.
UN ABRAZO

Daniel Costa disse...

Rosemildo

Desconhecia de todo, este vulto português. Tive a prazer de ler o belíssimo poema. Como sempre apreciei a biografia.

Abraços

Severa Cabral(escritora) disse...

BOA NOITE !!!!!!!!!!
A CRIANÇA QUE EXISTE EM MIM SAÚDA A CRIANÇA QUE EXISTE DENTRO DE VOCÊ...
FELIZ DIA DAS CRIANÇAS !!!!!!!

Yasmine Lemos disse...

Oi Rosemildo,vim conhecer sus blogues e agradecer sua visita,seja sempre bem vindo no meu recanto.
abraços e um bom domingo

MARILENE disse...

Suas apresentações são muto boas. Já conheci, através de seu blog, grandes escritores. Abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...