quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Soneto.



 SONETO

Pára-me de repente o pensamento
Como que de repente refreado
Na doida correria em que levado
Ia em busca da paz, do esquecimento...

Pára surpreso, escrutador, atento,
Como pára um cavalo alucinado
Ante um abismo súbito rasgado...
Pára e fica e demora-se um momento.

Pára e fica na doida correria...
Pára à beira do abismo e se demora
E mergulha na noite escura e fria

Um olhar de aço que essa noite explora...
Mas a espora da dor seu flanco estria
E ele galga e prossegue sob a espora.

Ângelo de Lima


Ângelo de Lima nasceu no Porto no dia 30 de Julho de 1872. Filho do poeta Pedro de Lima, começou a frequentar aos 10 anos de idade o Colégio Militar (Lisboa). Expulso do Colégio Militar, regressou ao Porto em 1888 onde se inscreveu na Academia das Belas Artes. Enviado para Moçambique em 1891, viria a regressar a Portugal no ano seguinte. Por esta altura começou a denunciar os primeiros indícios de loucura. Foi internado no Hospital do Conde de Ferreira em 1894, sendo mais tarde recolhido no hospício dos Irmãos de S. João de Deus e, finalmente, em 1901, no Hospital Rilhafoles. Os seus primeiros poemas foram publicados em 1915 no segundo número da revista Orpheu. Morreu em 1921.



Visite também:

6 comentários:

✿ chica disse...

Sempre tens poemas, poetas maravilhosos a nos mostrar. ès uma enciclopédia,rs abração,chica

ReltiH disse...

GRANDIOSO POEMA!!!!GRACIAS POR COMPARTIR.
UN ABRAZO

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Sempre que passo por aqui, descubro um poeta que não conhecia. Gosto disso.
Abraço

Cristina disse...

Con franqueza que estoy conociendo muchos poetas que nunca había leído nada de ellos y la selección escogida es fantástica.
Gracias por compartir letras tan bellas, te dejo un fuerte abrazo.
Bonita noche!

Anne Lieri disse...

Esses poetas portugueses são mesmo maravilhosos!Eu achei lindíssimo esse soneto!bjs e boa quinta!

Evanir disse...

Mesmo , que esteja vendo a vida preto branco.
Olhe para o céu veja o inifito azul onde quem
tem fé no criador encontrara coragem e força para passar
pelas tribulações.
E a noite se emocione com a beleza da lua e do céu estrelado.
Em cada estrela vera um anjo zelando e olhando por você ..
enquanto a lua ilumina sua linda alma
veras como pode ser feliz na graça e na presença de Deus.
E muito carinho eu trouxe para você , que tanto amo.
Beijos na alma afagos no coração.
Evanir.
PS: fico triste em não poder informar
como anda minha vida;
Basta vc notar minha ausência creio ,
que já diz tudo.
Eu não ando nada bem .
Deus abençoe seu final de semana
paz e luz.
Lindo soneto meu amigo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...