domingo, 30 de setembro de 2012

Aurora.


AURORA 

A poesia não é voz - é uma inflexão. 
Dizer, diz tudo a prosa.  No verso 
nada se acrescenta a nada, somente 
um jeito impalpável dá figura 
ao sonho de cada um, expectativa 
das formas por achar.  No verso nasce 
à palavra uma verdade que não acha 
entre os escombros da prosa o seu caminho. 
E aos homens um sentido que não há 
nos gestos nem nas coisas:
 
Adolfo Casais Monteiro 

Adolfo Victor Casais Monteiro nasceu no dia 4 de Julho de 1908, na cidade do Porto, freguesia de Massarelos. Filho de Adolfo de Paiva Monteiro e de Victorina de Sousa Casais Monteiro, recebeu uma educação laica que privilegiou os valores da cultura e da intelectualidade, típicos do seu estrato social.
Cinco anos após a implantação da República, Casais Monteiro frequentou, na mesma cidade, o segundo grau do ensino primário no Colégio Almeida Garrett e iniciou os estudos liceais no Liceu Rodrigues de Freitas, ambos no Porto. Em meados dos anos 20, aquando da implantação da ditadura militar, ingressou na Faculdade de Letras da Universidade do Porto
 para frequentar o curso de Ciências Históricas e Geográficas, acabando por concluir o curso de Ciências Históricas e Filosóficas em 1933. Leia mais aqui:

Visite também:

4 comentários:

✿ chica disse...

Aurora da palavra..Lindo!! abração,ótimo domingo,chica

Marcia Melo Morais disse...

Aurora seria meu nome ,mas minha mãe não gostou rs,lindo o poema deixo meu carinho e agradeço a tua visita adorei!

Lu Nogfer disse...

Meu amigo!

Passando para desejar uma linda noite de domingo e uma semana super abençoada pra voce e todos os seus!

Aproveito para apreciar mais uma excelente escolha!
"Nos versos nasce a palavra!"
Lindo!

Beijos!

Livinha disse...

Poesia é como a aurora
que desponta no seu cantar
dia descreve alegria,
noutros deixa a tristeza falar
É cisa abrupta a poesia,
vem do jeito que vier,
são ditas palavras soltas
que faz o vento soprar
e a prosa são meus comentários
que em verso me deixo chegando cá,
universos de ideias e blá, blá, blá, blá...

Buenos dias Furtado
saudade de tu pra caramba

Bjim

Livinha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...