sexta-feira, 1 de junho de 2012

Acima de qualquer suspeita.


ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA 

a poesia está morta 
mas juro que não fui eu 

eu até que tentei fazer o melhor que podia para salvá-la

imitei diligentemente augusto dos anjos paulo torres car- 
los drummond de andrade manuel bandeira murilo 
mendes vladmir maiakóvski joão cabral de melo neto 
paul éluard oswald de andrade guillaume appolinaire 
sosígenes costa bertolt brecht augusto de campos 

não adiantou nada 

em desespero de causa cheguei a imitar um certo (ou 
incerto) josé paulo paes poeta de ribeirãozinho estrada 
de ferro araraquarense 

porém ribeirãozinho mudou de nome a estrada de ferro 
araraquarense foi extinta e josé paulo paes parece 
nunca ter existido 

nem eu

José Paulo Paes

Leia mais um belo poema e a biografia do autor aqui:

Visite também:



3 comentários:

✿ chica disse...

Sensacional essa poesia e ele foi muito inspirado nessa poesia!!Adorei! Belo post!abração,lindo fds,chica

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu querido!!!!!
sabia que vc é quase meu vizinho,ou quem sabe...vizinho mesmo,kkkkkkkk
josé Paulo viveu sempre na dúvida como todo escritor,kkkkkkkk,sabia que tem dias que me vejo assim,querendo imitar para ver se mudo meu real,kkkkkkkkk,mas na volta continuo sendo eu mesma,kkkkkkkkkkkkkkkk
bjssssssssssssssss

ReltiH disse...

UN TEMA INTENSAMENTE ADULTO.
UN ABRAZO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...