terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Soneto do reencontro.


SONETO DO REENCONTRO 

A ausência que há em mim se transfigura 
e mãos e em olhos súbitos no poço, 
onde venho saciar, mais com ternura, 
a sede do cismar outrora moço. 

No fundo espelho a virgem prematura 
desnuda-se e reveste-se em colosso; 
e ao eco milenar que me tortura, 
responde cada voz que já não ouço. 

Oculta face pousa em minha face. 
Não sei de onde ela vem, de que distância: 
- se das raízes líquidas da pedra 

ou se de mim, se do silêncio medra, 
como a canção com que ressuscitasse 
os sepultados ídolos da infância. 

Bernardo Almeida 


Bernardo Almeida foi o nome literário e jornalístico de Bernardo Coelho de Almeida, que nasceu em São Bernardo, MA., em 13 de junho de 1927. Em 1938, já estava em São Luís, como seminarista, no Seminário de Santo Antônio, de onde passou ao Colégio Maranhense dos Irmãos Maristas. Transferiu-se de São Luís para Parnaíba-PI e depois para Fortaleza-CE, onde continuou os estudos, tendo concluído o curso secundário, no Liceu Maranhense, em São Luís. Escritor, poeta, romancista e cronista. Jornalista, iniciou-se na imprensa, escrevendo no Jornal do Povo, tendo escrito em outros jornais como em O Imparcial, onde semanalmente assinava uma crônica na seção “Ponto de Prosa”. Atuou, também, nos jornais O Estado do Maranhão e Jornal Pequeno. 

Fonte: http://www.guesaerrante.com.br/

Visite também:

10 comentários:

Gianna disse...

Bellissima immagine.

Severa Cabral(escritora) disse...

Belo alvorecer meu vizinho!
Será que vc tm razões para amanhecer o dia num lugar tão lindo como esse ai,kkkkkkkkkk,mas óbvio que sim.
Por isso que vc nos acoberta de poesias e poemas lindos...pq vc é de alma linda...
bjs para esquentar o teu dia!

Flor da Vida disse...

Belo post!
Lindo soneto!

Amigo querido, carinhos meus pra ti e para os teus.
Beijos de Luz e Paz

Maria disse...

Um reencontro mágico, um poema maravilhoso.
Beijinhos
Maria

Irene Alves disse...

É sempre muito bom vir aqui e
estar lendo seus posts.
Desejo esteja bem.
Beijinho
Irene

Everson Russo disse...

Muito lindo, intenso e forte o poema...abraços de bom dia pra ti.

Evanir disse...

Com infinita saudades te deixo meu eterno carinho.
seu poema certamente vc sabe que li todinho.
Um nota que poderia de dar seria mil
além de uma pessoa que tenho profundo carinho é um amigo que nunca esqueço.
Um dia de paz e luz.
Bjs .Evanir

ReltiH ReltiH disse...

INTERESANTÍSIMO TEXTO, GENIAL!!!
UN ABRAZO

Hana disse...

Reencontro é sempre maravilhoso, mesmo que seja em poesia.
Com carinho
Hana

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Um poema maravilhoso...como sempre saio daqui mais rica...não conhecia o poeta.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...