sexta-feira, 7 de outubro de 2011

O pinheiro.


O PINHEIRO 

Quem tem pinheiros tem pinhas 
Quem tem pinheiros tem pinhões, 
Quem tem amores tem zelos 
Quem tem zelos tem paixões. 

Quem tem pinheiro tem pinha 
Quem tem pinheiro tem pinhão, 
Do homem nasce a firmeza, 
Da mulher a ingratidão. 

Oh! que pinheiro tão alto, 
Com tamanha galharada; 
Nunca vi moça solteira 
Com tamanha filharada... 

Oh! que pinheiro tão alto, 
Que por alto se envergou, 
Que menina tão ingrata, 
Que d'ingrata me deixou! 

João Simões Lopes Neto 

João Simões Lopes Neto. O maior escritor regionalista do Rio Grande do Sul, nasceu em Pelotas, em 9 de março de 1865, na Estância da Graça, a 29 quilômetros da cidade e de propriedade de seu avô paterno, João Simões Lopes Filho, o Visconde da Graça - que chegou a ter uma orquestra particular composta por escravos em sua grande fazenda. Viveu na estância até 1876. Aos treze anos, foi para o Rio de Janeiro, estudar no famoso colégio Abílio. Em seguida, teria freqüentado até a terceira série da Faculdade de Medicina, mas sobre esta passagem acadêmica nunca houve provas. Retornando ao Sul, fixa-se em sua terra natal, Pelotas, então rica e próspera pelas mais de cinqüenta charqueadas que lhe davam a base econômica. Nesta cidade dinâmica e aristocrática, o jovem patrício enceta a mais bizarra, surpreendente e malograda trajetória vivida por um escritor gaúcho. Com idéias cheias de audácia, tornou-se um agente empreendedor da industrialização pelotense. Criou, mediante o sistema de cotas, uma fábrica de vidros, cujos operários eram todos franceses e os aprendizes, meninos pobres da região. Ler mais aqui. 

Fonte: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/joao-simoes-lopes 

Visite também: 

9 comentários:

✿ chica disse...

João Simões é ótimo. Lindo poema! abraços,ótimo fds,chica

Everson Russo disse...

Um belo poema meu amigo,,,abraços de bom final de semana pra ti.

VeraBruxa disse...

Olá!
Por aqui digo: "mas bah tchê!"
Abraço gaúcho!

Flor de Lótus disse...

João Simões é ótimo mesmo como disse a chica!Ele é responsável pelo livro Os causos de Romualdo é um livro fantástico.
Beijosss

Judite disse...


Boa tarde, Rosemildo!

"Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união! Salmo 133.1"

Vim te deixar o meu abraço carinhoso e avisar que estamos pedindo a opinião dos amigos para um projeto no blog.
Será um prazer para nós saber a sua sugestão.

Estamos te esperando!

Deixo aqui um vídeo para agradar seu fim de tarde e seu começo de noite. :)

http://www.youtube.com/watch?v=iq_qT6lvYpk

Deus seja contigo.

Blog Yehi Or!
http://hajalluz.blogspot.com/

Celylua - O blog das Letras disse...

Rosemildo,
É sempre com imensa alegria que visito seu magnífico blog.
Adorei o poema... Maravilhoso!!!
Parabéns pela brilhante postagem!
Beijos no coração.

Maria disse...

Um poema encantador, excelente escolha.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa noite Amigo
Hoje vim só para lhe agradecer
Com um simples dizer
Muito obrigado pelo seu carinho
Lá no meu cantinho.
Muito obrigada pela terna alegria
Que me traz a cada dia
Com a presença de sua luz
Você me conduz
Ao encontro do segredo de tudo saber
Que está dentro do meu ser.
Obrigada por me ajudar
A ver e a sentir a realidade
Que me ajudará a caminhar
Ao encontro da minha felicidade.
Prezado amigo
Nesta canção
Quero apenas reforçar a minha gratidão
Obrigada por me estender a sua mão.
Obrigada por me falar
Com o sentimento de seu coração,
E por me mostrar
O valor de ser amigo
Que contigo
Veremos o bem se fortalecer
E o mau enfraquecer.
E assim a amizade será de verdade
Para toda a eternidade!
Tenha um bom fim de semana
Abraço Fraterno
Maria Alice

VeraBruxa disse...

Olá!
Poesia que encanta!
Estranhei a imagem do pinheiro.
Abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...