terça-feira, 9 de agosto de 2011



SONETO DE AMOR 

Não me peças palavras, nem baladas, 
Nem expressões, nem alma... Abre-me o seio, 
Deixa cair as pálpebras pesadas, 
E entre os seios me apertes sem receio. 

Na tua boca sob a minha, ao meio, 
Nossas línguas se busquem, desvairadas... 
E que os meus flancos nus vibrem no enleio 
Das tuas pernas ágeis e delgadas. 

E em duas bocas uma língua..., - unidos, 
Nós trocaremos beijos e gemidos, 
Sentindo o nosso sangue misturar-se. 

Depois... - abre os teus olhos, minha amada! 
Enterra-os bem nos meus; não digas nada... 
Deixa a Vida exprimir-se sem disfarce! 

José Régio 


José Régio é o pseudônimo que José Maria dos Reis Pereira escolheu para assinar sua obra literária. Nascido no dia 17 de Novembro de 1901 em Vila do Conde, distrito do Porto. José Régio, após cursar os estudos de Liceu, ingressa na Faculdade de Coimbra, formando-se em Letras. A sua carreira literária inicia-se em 1925, antes mesmo de concluir o curso superior, com a publicação do volume de poesias "Poemas de Deus e do Diabo". Em 1927, na companhia de João Gaspar Simões e Branquinho da Fonseca, funda a revista Presença, marco inicial da segunda fase do modernismo português. Devido a sua forte atuação na Revista Presença, é considerado por muitos estudiosos como "uma das principais personalidades dessa geração". Depois de formado, lecciona, por mais de 30 anos, no Liceu de Portalegre, José Régio falece em Vila do Conde, sua terra natal, em 22 de Dezembro de 1969. 

Fonte: http://www.portaldaliteratura.com/ 

Visite também o nosso novo espaço: 
Amanhã teremos a "Literatura Chinesa"

9 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Adorei o soneto. Em suas garimpagens você sempre escolhe o melhor.
Grande abraço

✿ chica disse...

Lindo momento esse e adorei teu comentário divertido por lá!srrs abração,lindo dia,chica

Everson Russo disse...

A sempre forte intensidade dos versos de amor...abraços de bom dia pra ti meu amigo...

Alala disse...

Lindo o soneto, adorei!

Luiza França disse...

Belissímo. E inspirador também...

Muita energia positiva par vocês continuar nos inspirando.

RELTIH disse...

TREMENDO TEXTO!!!! FULLLL, ME GUSTA.
UN ABRAZO

Flor de Lótus disse...

Oi,Furtado!Que soneto lindo,cheio de amor...
Beijossss

Anne Lieri disse...

Um soneto forte e pleno de amor!Uma bela escolha,Furtado!Bjs,

OutrosEncantos disse...

e quantas palavras eu já estou devendo por aqui :))

hoje, num bom dia alargado, tentando recuperar das minhas ausências!

lindissimo este poema de amor e paixão. José Régio, intensíssimo.
escolha muito bonita.

beijinho.
feliz domingo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...