terça-feira, 14 de junho de 2011

Anzol.


ANZOL

Angustiado olhar
do peixe capturado.
Angustiado olhar
do peixe
na mesa do mercado.
O amor, às vezes,
tem esse olhar
de quem vacila prisioneiro
quando tudo é mar.

Damário Dacruz


Damário da Cruz nasceu em Salvador no dia 27 de julho de 1953 no bairro de Santo Antônio. Formou-se em jornalismo e, além de poeta e fotógrafo, foi líder estudantil e sindicalista, exerceu cargos de gerência de comunicação e publicidade da Telebahia e foi um dos diretores da Fundação Cultural do Estado da Bahia. Publicou três livros de poesia e mais de 30 posters-poemas. Tinha já escrito material para dois novos livros de poesia, entre outros projetos.

Há 10 anos, Damário da Cruz abriu com recursos próprios o Pouso da Palavra na cidade de Cachoeira, um centro cultural com pequena galeria de arte, café, biblioteca e espaço para eventos como saraus e lançamentos de livros. Cachoeira foi a grande paixão do poeta, sobre a qual declara em vídeo a ser exibido em seu tributo: “quem consegue amar profundamente Cachoeira, não terá tempo nenhum de odiar outra coisa”.

Fonte: http://www.irdeb.ba.gov.br/

12 comentários:

✿ chica disse...

Muito linda essa poesia! abraços, ótimo dia,chica

Everson Russo disse...

Angustia sempre por ser fisgado pela vida...abraços de belo dia pra ti meu amigo.

Fatima disse...

Que lindeza heim!
bjs.

Wanderley Elian Lima disse...

Simples e lindo. Gostei.
Abração

Lídia Borges disse...

Uma nova visão sobre o amor... Pelo "olhar" morre o peixe - é caso para se dizer.

L.B.

RELTIH disse...

BUENO, MI TRADUCTOR NO FUNCIONÓ HOY.
UN ABRAZO

Amor feito Poesia disse...

Cada qual vê o que quer, pode ou consegue enxergar.

"Porque eu sou do tamanho do que vejo.
E não do tamanho da minha altura."

Fernando Pessoa

Beijos na alma........M@ria

zicin disse...

Bei versi... complimenti
Buona serata

Magia da Inês disse...

Poesia a parte porque é bonita...sempre ouvi falar que os apaixonados tem olhar de peixe morto...
✿•.¸¸♪♫♪
。˚ ˚ ˛✿

Sandra Botelho disse...

Angustia do amor não aceito, não correspondido ou não vivido.beijos achocolatados

Flor da Vida disse...

Lindo e reflexivo poema!
Aplaudo-te sempre por suas belas e ricas postagens!

Saudades de vir aqui meu amigo...
Perdoe-me pela ausência, tive problemas de saúde e estive hospitalizada... Mas agora já me sinto bem melhor, e aos poucos vou matando as saudades...

Deixo carinhos mil pra ti, viu?
Beijos
Suelzy

Carla Fernanda disse...

O famoso olhar de peixe morto que o Damário colocou muito bem Rosemildo.
Beijos e boa noite!!
Carla

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...