quinta-feira, 19 de maio de 2011

Poema de gratidão.


POEMA DE GRATIDÃO

Lembra-me, Mãe querida, a glória que me deste,
A alegria do lar no lençol de cravinas,
A mesa, o livro, o pão e as canções cristalinas,
As preces de ninar, no humilde berço agreste.

Ao perder-te, no mundo, o carinho celeste,
Vendo-te as mãos em cruz, quais flores pequeninas,
Fui chorar-te, debalde, ao pé das casuarinas,
Buscando-te a presença entre a lousa e o cipreste!...

Entretanto, do Além,caminhavas comigo,
Vinhas, a cada passo, anjo piedoso e amigo,

Abílio Barreto

Espíritos Diversos – psicografia Francisco Cândido Xavier

Francisco Cândido Xavier

Abílio Barreto nasceu em 22 de Outubro de 1883, na cidade de Diamantina (MG). Em 1895 mudou-se para Belo Horizonte, que então era um canteiro de obras, onde exerceu diversas funções. A partir de 1898, Abílio Barreto foi admitido na Imprensa Oficial onde fez carreira. Foi convidado pelo prefeito Otacílio Negrão de Lima, em 1935, para dirigir o Arquivo Municipal e ainda nesta função, no ano de 1941, convidado pelo prefeito Juscelino Kubtschek para organizar o então Museu Histórico de Belo Horizonte. Colaborou com vários jornais e revistas de várias capitais e do interior do estado de Minas. Como historiador autodidata, publicou História Antiga, História Média e Resumo Histórico de Belo Horizonte. Morreu em 17 de Julho de 1959.

Fonte: http://www.republicaonline.org.br/

11 comentários:

Everson Russo disse...

Nada mais puro e bonito nessa vida que a gratidão,,,e quando ela vem em versos...mais belo e sutil...abraços de bom dia pra ti meu amigo.

Flor da Vida disse...

Amigo, esse poema é sublime!!!

Emocionada...

Carinhos pra ti, viu?
Beijos

Wanderley Elian Lima disse...

Chico Xavier, era um iluminado. Seu exemplo de vida deveria ser seguido por todos nós.
Grande abraço

ONG ALERTA disse...

Uma pessoas maravilhosa que só fez o bem...beijo Lisette.

Andradarte disse...

Lágrimas...é o que se dá na despedida de um ente querido...
Abraço

Fatima disse...

Que lindeza meu amigo!
Bjs.

Mariz disse...

Lindo meu amigo, de uma beleza celestial...emanados por luzes do alto.
A gratidão, um bem q deve ser lembrado sempre e exaltado por todos.

um beijo e ótima noite...Mariz

Graça Pereira disse...

Gratidão, amor, poema, flores e orações é que oferecemos àquele Amor Maior que partiu...
Gostei da sensibilidade do poeta Abílio Barreto!
Beijo e bom fds.
graça

Carla Fernanda disse...

Ai Rosemildo que coisa mais linda querido! Nooossa! Tão amoroso, doce e tão singelo que até arrepia.
Boa noite!!
Carla

Rosane Marega disse...

Oh, Rosemildo, que post mais lindo!
Beijosssss

Amapola disse...

Chico Xavier trouxe luz.
Sinto-me feliz, por ser contemporânea dele.

Que Deus nos proteja.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...