domingo, 27 de fevereiro de 2011

O que é...


O QUE É...

o que é o suplício de Tântalo?
é uma luz muita íntima que me aquece a noite.
o que é o suicídio?
é descer lentamente com o vagar de quem sobe.
o que é o amor?
é uma rua muito sossegada onde só se passou uma vez.
o que é muita fome?
é um tinteiro de prata cheio de sangue.
o que é a nobreza?
é o vento vindo dos bosques.
o que é a coragem?
é uma igreja dentro duma noz.
o que é um galo?
é uma dilatação na parte posterior da cabeça.
o que é a razão?
é uma carta vinda de longe.
o que é a noite?
é um texto muito antigo entoado por uma multidão de sapos.
o que é o destino?
é o amor a todo o comprimento.
o que é a infância?
é uma ilha que emerge rapidamente.
o que é a pintura?
é um banho turco prolongado.
o que é a monarquia?
é um saco cheio de pedras a pedir que o carreguem.
quem é a tua mãe?
é um mendigo que espera pela noite para rir.
que somos nós?
os olhos de um pássaro morto em viagem.
que esperamos?
a tua esperança.
que fazemos?
o dia.
quem era António Maria Lisboa?
um oráculo distraido que nunca disse a verdade.
onde vivia?
ao colo de uma estátua de farinha.
porque vivia?
porque houve quem o quisesse matar.

Mário Cesariny


Mário Cesariny de Vasconcelos nasceu no dia 9 de Agosto de 1923 em Lisboa. Fez estudos de belas-artes em Lisboa e Paris. Interessou-se, igualmente, pela música e pelo cinema. Foi um dos mais importantes poetas portugueses do surrealismo. Aderiu inicialmente ao neo-realismo, de que se começou a afastar em 1947, ano em que viaja para França onde conhece André Breton. No mesmo ano integra o auto-denominado "Grupo Surrealista de Lisboa" (GSL), do qual se desliga pouco tempo depois para formar com Pedro Oom, Cruzeiro Seixas, António Maria Lisboa e Henrique Risques Pereira o grupo dissidente "Os Surrealistas". O seu primeiro livro, Corpo Visível, data de 1950. Além de poeta, romancista, ensaísta e dramaturgo, também se dedicou às artes plásticas, nomeadamente à pintura. Mário Cesariny morreu em Lisboa na madrugada do dia 26 de Novembro de 2006.

Fonte: http://um-buraco-na-sombra.netsigma.pt/

13 comentários:

Pablo & Florbela disse...

Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma,
mas com certeza não serei
a mesma pra sempre."

(Clarice Lispector )

Feliz Domingo e uma semana abençoada!
Beijos de coraçao prá coração...M@ria

Pablo & Florbela disse...

Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma,
mas com certeza não serei
a mesma pra sempre."

(Clarice Lispector )

Feliz Domingo e uma semana abençoada!
Beijos de coraçao prá coração...M@ria

Anônimo disse...

Passando pra marcar presença e matar a saudade...Bom domingo!!!!

Magia da Inês disse...

Olá, querido amigo!
Perguntas e respostas...
Bem antigas... bem atuais!...
Bom domingo!
Beijinhos.
°º♫ Minas ღ°º
♥°º
.•♥¸.•´•

Andreza disse...

...criamos tantas capas para nos proteger,que deixamos de ser nós mesmos...
bjks doce ♥

Wanderley Elian Lima disse...

Várias perguntas. Para mim algumas ainda sem respostas. Mas todas levando a uma reflexão.
Tenha uma linda semana
Abração

Everson Russo disse...

Uma belissima semana pra ti amigo...abraços.

Sandra Botelho disse...

São tantas perguntas onde cabem tantas respostas neh querido?
Mas gostei demais mesmo, como sempre.
Bjos achocolatados

ONG ALERTA disse...

O que é a vida...
Beijo Lisette

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

uma escolha fabulosa este poema de Mário Cesariny, que eu adoro.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Winny Trindade disse...

Ótima semana, querido furtado.

Abraço meu.

Flor de Lótus disse...

O que é?Sempre queremos saber o porque de tudo, inutilmente é verdade proque nem tudo tem explicação, nem tudo tem u mreal conceito tem ocisas uqe são como são e ponto final...
Uma ótima semana!
Beijosss

armalu disse...

Aprendi o caminho , não quero outra vida.
Aqui estou eu a deambular pelo teu espaço, gosto de vir aqui.
Belo fim de semana.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...