sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Invenção dos Fósforos.


INVENÇÃO DOS FÓSFOROS

1831 – (janeiro) Charles-Marc-Sauria inventa os fósforos. Nasceu na pequenina cidade de Jura, denominada Poligny (França), em 1812. Em 1827, quando ainda colegial, teve ocasião de ver, durante uma viagem, o famoso acendedor de gás de Gay Lussac. Essa engenhosa invenção causou profunda impressão sobre o rapazinho, que se propôs a descobrir alguma coisa menos complicada e menos cara. Ao voltar, seus pais o enviaram para o colégio de Dôle a fim de continuar seus estudos. Longe de se rebelar Charles-Marc-Sauria empregou todos os instantes de sua liberdade ao estudo desse problema, aconselhado habilmente por seu professor, o Sr. Nicole, que lhe dava preciosos conselhos. Faltavam-lhe, porém, produtos químicos para continuar sua experiências e sua pequenina bolsa não lhe permitia comprá-los. Enchendo-se de coragem, conseguiu fazer interessar-se por sua causa o farmacêutico principal da cidade, que, maravilhado, deu-lhe tudo quanto necessitava. Imediatamente Sauria voltou ao trabalho e passou muitas noites em ingratas pesquisas. Finalmente, no mês de janeiro de 1831 sua perseverança foi coroada de êxito. Passou o fósforo em uma parte da parede, sobre a qual esfregou um palito com uma das pontas contendo enxofre e embebido em cloreto de potassa e a luz se fez. Apressou-se a revelar sua descoberta a seus camaradas e a seu excelente professor. Imediatamente os cumprimentos afluíram de todos os lados. Seus professores mostraram-se orgulhosos de tal aluno. Seu nome encheu a pequenina cidade. Todos os habitantes queriam ver o jovem inventor, porém, ninguém pensava em auxiliá-lo. Sempre muito pobre, não conseguiu explorar a sua descoberta. Foram, de fato estrangeiros, que aproveitaram a invenção de Charles-Marc-Sauria. No decorrer de uma viagem à Alemanha, o Sr. Nicole gabou com entusiasmo a descoberta de seu jovem aluno e seus auditores puseram-se imediatamente à obra, sem dar importância ao inventor. Um ano após sua descoberta, em 1832, surgiu na Alemanha, Jacques Frederico Kamerer, natural de Wurtemberg, que se pôs a fabricar os palitos de fósforos e a passar pela história como sendo o seu verdadeiro inventor. Dois anos mais tarde eram recebidos na França as primeiras caixas de fósforos. Quanto ao pobre colegial, terminou com grandes dificuldades seus estudos de Medicina e exerceu a profissão durante sessenta anos, até sua morte.

Nota: Este trabalho é o resultado de pesquisas realizadas pelo ilustre professor Elias Barreto e publicado pela Enciclopédia das Grandes Invenções e Descobertas, edição de 1967, volume 2, páginas 361/362. 

12 comentários:

Livinha disse...

É, sem persistência e determinação, não alcançamos nosso intento...
Todo o esforço é aplaudido, quando seguimos abraçados a vontade e a certeza daquilo que sabemos.

Passei não só interessada na leitura como nessa imagem linda que estava brilhando lá na minha página e não deu outra, vir aqui carrega-la comigo...

Buenos dias e feliz fim de semana

Bjs

Livinha

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
É impressionante, a quantidade de coisas que usamos no nosso dia a dia, e nunca nos perguntamos como sugiram, quem inventou. Gostei e saber.
Abração e bom fim de semana.

Andradarte disse...

Maravilha de foto....Eu bem tenho
tentado, mas os meus fósforos estão
sabotados.....
Abraço

Andreza disse...

...e hoje cada vez menos sendo usado...acendimento eletrico,
microondas...
mas aqui a mãe ainda resiste bravamente em acender o Fósforo e fazer aquele cafezinho no coador de pano...
bjks doce ♥

Everson Russo disse...

Aparentemente algo tão simples...e por fim tão complexo...abraços de bom final de semana....

Valéria Sorohan disse...

Isso acontece com muitos inventos, são sempre outros que levam a chama ou melhor, a fama.
Obrigada por compartilhar isso.

BeijooO*

Rosane Marega disse...

Ixi maria Rosemildo, eu fiquei com dó do verdadeiro inventor...mas, é assim NÉ.
Beijosssssss meu querido.

Pérola disse...

Meu amigo,vc percebeu que ao entrar no meu blog vc encontrou uma mensagem te avisando de conteúdos impróprios?
Pois bem,denunciaram meu blog ontem,eu o resgatei com à ajuda do Google mas ñ consigo tirar a mensagem.
Minhas definições estão normais ou seja: Não para conteúdos impróprios.
Maldade pura,mas seja lá quem for que quer me tirar da blogosfera ñ vai conseguir. Estou pedindo auxílio de tudo quanto é canto para selecionar esse problema,peço que se souber de alguma coisa que me ajude a tirar aquela mensagem ridícula dalí me avise por favor.
Beijos meu amigo querido.

Pérola disse...

Obrigado meu amigo mas isso já foi feito.
Nas minha definições elas já estão não para adultos.
Como ele foi denunciado já ñ sai da propriedade do blog.
Muitos outros blogs continuam assim e até agora ninguém conseguiu tirar.
Enviei uma série de imails para o google mas até agora ñ obtive resposta.
Ouvi dizer que corro um risco muito grande em perde-lo portanto o salvei em rascunho para ñ perder os textos que eu criei.Se ele sair do ar eu volto para o meu antigo ou..faço outro.
Deixe essa gente baixa se divertirem,eu creio que é seu único consolo.
Obrigado meu querido.
Beijos enormes.

PRECIOSA disse...

Obrigado pelo carinho...
Que seu final de semana seja regado de muito amor
Beijos na alma
Preciosa Maria

Sônia Silvino disse...

Muito interessante!
Vou linkar no Twitter e no Facebook, amigo!
Aqui é pura cultura! Adoooooro!
Beijos querido!

Valquiria Calado disse...

Existe os fazem e os que copiam, infelizmente.

Bom fim de semana, bjos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...