domingo, 14 de novembro de 2010

A menina e a casa.


A MENINA E A CASA

Minha Sônia
Minha Sônia
Minha Soninha Maria
Nesta casa
Neste mato
Quero ver Sônia crescer.
A casa é cheia de livro
O mato é cheio de bicho
Os livros contam histórias
Os bichos falam também
Mesmo as mesas, mesmo as plantas
Os retratos dos vovós
As panelas da cozinha
Mangueiras e coisas velhas
Têm boca falam também
Dizem segredos bonitos
Que os meninos
Que os poetas
Ouvem ninguém sabe como.
Quero ver Sônia Maria
Conversando com as galinhas
Com o gato
Com os passarinhos
Com a cadeira de balanço
Com o rio que passa perto
Preguiçoso dando voltas
Sem pressa de ir pro mar
Com as estrelas com as palmeiras
Com as cigarras dos bambus
Com os pingos d´água da chuva
E mesmo com os cururus
Com os livros cheios de histórias
Com os almanaques
Com os quadros
E com a melhor das mamães.

Gilberto Freyre


Gilberto Freyre escreveu 67 livros, sendo Casa Grande & Senzala a sua maior obra, publicada em 1933, e que se tornou um clássico sobre a história da formação da sociedade brasileira. O autor de Sobrados e Mocambos foi o escritor brasileiro que mais recebeu homenagens de universidades da Europa e dos EUA.

O escritor e sociólogo Gilberto Freire imprimiu a sua obra uma visão poderosa e original dos fundamentos da sociedade brasileira.

Sua mensagem representou um divisor de águas na evolução cultural do Brasil e contribuiu para que o país encarasse com mais confiança seu papel no mundo moderno. Gilberto de Melo Freire, que como escritor assinava Gilberto Freyre, nasceu em Recife-PE, no dia 15 de março de 1900. Fez estudos primários e secundários no Colégio Americano Gilreath e seguiu depois para os Estados Unidos, onde cursou as universidades de Baylor (Waco, Texas) e Colúmbia (Nova York).

De volta ao Brasil em 1924, permaneceu em Recife, cidade que se tornou a base de sua atividade intelectual, mas não abandonou as viagens internacionais. Dirigiu por algum tempo o jornal A Província. Foi oficial de gabinete e assessor direto do governador de Pernambuco Estácio de Albuquerque Coimbra, deposto pela revolução de 1930. O escritor projetou-se nacionalmente na década de 1930. Deputado à Assembléia Nacional Constituinte em 1946, Freire permaneceu na Câmara Federal até 1950.

Membro do Conselho Federal de Cultura desde sua criação, em 1967, recebeu numerosas láureas, títulos e prêmios, nacionais e estrangeiros. Professor honoris causa da Universidade de Coimbra e de outras universidades brasileiras e estrangeiras, membro de sociedades internacionais de cultura, afirmou, no entanto, sua independência em relação à instituição acadêmica, da mesma forma que se declarou pós-marxista e não modernista, acatólico e não anticatólico.

Gilberto Freire morreu em Recife, em 18 de julho de 1987. Sociólogo e escritor brasileiro. Sua obra, sobre a contribuição do negro e o fenômeno da miscigenação, apresenta uma visão original da sociedade brasileira.

Enciclopédia Britannica Ltda.

15 comentários:

Magia da Inês disse...

Olá, amigo!
Eu queria ser a Sônia Maria para crescer nessa atmosfera de felicidade... com toda essa paz...
Bom feriado!
Beijinhos.
Itabira
Minas.

Chica disse...

Lindíssimo poema,bela escolha e que imagem...viajei nela!abraço,chica

Zélia Guardiano disse...

Maravilha de postagem, amigo Rosemildo!
Ah, que maravilha!
O poema, o poeta e a biografia...
Tudo!
Grata, querido!
Forte abraço

Zil Mar disse...

Oi....que lindo poema....

Me fez viajar...grande escritor e poeta....adorei conhcer sua biografia!

Aqui a gente se alimenta de "saber".

obrigada!

bjos!

bom feriado!

Zil

Everson Russo disse...

Belissimo poema amigo,,,abraços de bom domingo e um belo feriado.

ONG ALERTA disse...

Bela história, deve ser contada, beijo Lisette.

poetaeusou . . . disse...

*
e a Casa, fez-se menina
nas palavras de G. Freyre,
Belo !
,
abraço,
,
*

Wanderley Elian Lima disse...

Isso seria viver no paraíso, cercado pela natureza com o carinho da mãe.
Abração

Valquíria Oliveira Calado disse...

Olá amada vim desejar um abençoado fim de semana, tbm deixar meus liks pra visita, beijinhos.
http://valvesta.blogspot.com/
http://hanukká.blogspot.com/


Te espero com abraço de carinho.

Chris... ჱܓ disse...

Oi amigo!!
Poema bem natural...
Lindo... Aquela coisa da vida simples, junto da natureza, onde se extrai da vida as mais significantes lições!
Perfeito post!

Eterno Gilberto Freyre!!

Para ti, um feriado de muitas alegrias e que sua semana seja proveitosa.
Muita paz!
Bjos!

Sandra Botelho disse...

Quisera eu morar em uma casinha assim...Lindo demais o poema.
Bjos achocolatados

Livinha disse...

Quero ver Sônia Maria, crtescer junto a natureza, na plenitude beleza, sem pressa a ser feliz como ninguém.

Lido Poema

Feliz feriado junto aos teus

Bjs

Livinha

M@ria disse...

É a música que surpreende
É a emoção dos anjos
E a alma na audição.

Dhenova

Feliz semana e beijos meus!M@ria

MEUS POEMAS disse...

Oiê, desculpe pela colinha, mas passei só pra deixar um beijo e desejar um ótimo feriado!
Bjs da Gena

Lou Witt disse...

Uma linda semana pra você amigo.

Aparece no meu novo blog.

Beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...