sábado, 3 de julho de 2010

O eco do pranto/Amar.

http://casorionet.files.wordpress.com/2009/06/blog_fome_crian_a_chorando_com_boca_suja_a_mais_bela_que_vi.jpg

O ECO DO PRANTO

Não me digas
Que essa é a voz de uma criança
Não...
A voz da criança
É suave e mansa
É uma voz que dança...
Não me digas
Que essa é a voz de uma criança
Parece mais
Um grito sem esperança
Um eco
Partindo de fundo de um beco
Não me digas
Que essa é a voz de uma criança,
Essa é doce e mansa
É uma voz que dança...
Esta parece mais
Um grito sufocado sob um manto
- O Eco do Pranto.

-----------x----------

AMAR

Amar
É o mesmo que escrever
Docemente,
Amargo,
Mas incompleto.

Agnelo Regalla


http://opatifundio.com/site/wp-content/uploads/2009/09/agnelo-regalla-1.jpg


Agnelo Augusto Regalla nasceu em Campeane (Tombali), na Guiné-Bissau,no dia 09 de Julho de 1952. formou-se em jornalismo no Centro de Formação de Jornalistas em França. Desempenhou as funções de director da Radiodiodifusão Nacional, de director-geral da Informação do Ministério da Informação e integrou o Governo por duas ocasiões como secretário de Estado da Informação. Actualmente dirige a Rádio Bombolom.


http://www.didinho.org/agneloregallabiografia.htm

15 comentários:

Caminhos Poéticos disse...

"Quer ver um milagre?

Plante uma palavra de amor profundo
na vida de uma pessoa.
Cultive-a com um sorriso e uma oração,
e veja o que acontece."

(Max Lucado)

Beijos e uma rosa prá ti. M@ria

Amor feito Poesia disse...

Tem os que passam
e tudo se passa
com os passos já passados
tem os que partem
da pedra ao vidro
deixam tudo partido
e tem, ainda bem,
os que deixam
a vaga impressão
de ter ficado

Alice Ruiz

Bom Fds com amor e poesia...M@ria

Livinha disse...

Ô meu amigo... eu cheguei aqui contudo pra te responder o recadinho que lá me deixaste. Cheguei disposta a brincar contigo, mas esse poema me deixou pra baixo.
A criança, o poema em si me fez lembrar das ocorrências aí do nordeste, onde o povo sofrido, agora ainda mais padece...
Tenho visto nos jornais os casos lamentaveis a ser pronunciado num lugar onde o governo safado mais age de má Fé.

Lindo e leva-nos a pensar, o que será, que será delas que dizem ser a esperança do amanhã?
Não faz sentido não é mesmo?
Blasfêmias deveras...

Mas vmos a razão de tua tristeza:
Acabou.
Não viste o orgulho e a arrogância entrar em jogo?
O desespero embriagado sem nenhum equilíbrio?
Venhamos e convenhamos meu amigo, por que será?
Se as nações todas compartilham, no desporto, onde está o esportismos? Fala sério...
Deus não joga Futebol, mais é mundial. A gorducha tem um destino já traçado e sinceramente que ela estacione onde de fato há necessidade, porque o mundo não é somente nosso, nem a bola,nem a Fifa.
Veja por que tanta insensatez, se daqui a 4 anos jogaremos outra vez?
Fica aí uma lição aprendida, sem equilíbrio a coisa não anda, fazem tombo, deixa feridas...E vamos que vamos, pra frente sempre Brasil. Outros tbém desejam ganhar. Se a dita Alemanha vencer, aí pode esperar que Livinha avestruz vai virar de tão pra baixo que tbém vou ficar a ponto de enterrar a cabeça no buraco. Pode apostar!

Um lindo fim de semana pra ti
e fica esperto que 4 anos passa rápido. Aqui ou do outro lado, haveremos de assistir.... rsrss


Bjss

Livinha
ps:Ganhei de ti nas baboseiras!

Florentino disse...

oi amigo força muita força, paz e amor no teu coração.

Helcio Maia disse...

O pranto ecoa,
o pranto coa
a lágrima que voa,
ao cair do seu olhar...

Abraço, amigo Furtado!

Wanderley Elian Lima disse...

Nossa amigo, que imagem pesada, mas infelizmente é a realidade de muitas crianças por esse mundo afora, que gritam e não são ouvidas.
Ótimo fim de semana para você
Abração

ONG ALERTA disse...

Falta amor neste mundo, paz.
Beijo Lisette.

Everson Russo disse...

Amar é disparar os sentimentos no mundo,,,nem todo mundo entende,,,abraços amigo,,,bom sabado na paz de Deus.

Luciana disse...

Olá Furtado ,que saudade daqui.
Vc sempre com textos diferentes qra nos apresentar.
É muito triste o de hj,mas enfim é bastante realista tbém.



um abraço.

ANTONIO CARLOS F. JR. disse...

Oi Rosemildo,
Belo poema, triste mas é a relidade.
Um abraço.

REGGINA MOON disse...

Furtado,

Que lindo verso...adorei!!
Bela postagem e muito bom conhecer um pouco desse poeta...

Parabéns!!

Um beijo....

Reggina Moon

Lou Witt disse...

Amigo, esse triste poema me lembrou as crianças famintas da Africa, lá naqueles lugares esquecidos onde não tem jabulani ne vuvuzelas e onde a vida grita por socorro.

Te amo, amigo!!!

Lu Nogfer disse...

...E o pranto faz um eco tao grande!
Fazer o que né?choramos hoje mas sorrimos lá na frente!

Beijos com carinho!

Chris... ჱܓ disse...

O Eco do Pranto está na alma... Alma sofrida e dilacerada.

Mas tudo passa.
Tudo acaba em pizza...


Um finalzinho de sábado maravilhoso e um domingo cheio de alegrias.

Bjos!

Anônimo disse...

Completely I share your opinion. It seems to me it is very good idea. Completely with you I will agree.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...