quinta-feira, 22 de julho de 2010

Distância.

http://www.fotosdachapada.com/foto/gd/VarzeaNova_ws_P_179.jpg


DISTÂNCIA

Há uma várzea no meu sonho,
Mas não sei onde será...
Em vão, cismando, transponho
Coxilhas enluaradas,
Cristas serrilhadas,
Solidões do Caverá.

Leito do trevo e flechilha,
Várzea azul, da luz da lua,
Verde várzea - onde será?
No ar da tarde flutua
Fino aroma de espinilho
E de flor de maricá.

Era além do azul da serra,
Era sempre noutra terra,
Era do lado de lá...
Em vão, cismando, transponho
Poentes e madrugadas,
Intermináveis estradas
Perdidas ao deus-dará.

Há uma várzea no meu sonho,
Mas não sei onde será.

Augusto Meyer


http://www.mensagensvirtuais.xpg.com.br/celebridades/augusto_meyer.gif

Augusto Meyer, poeta e ensaísta, nasceu em Porto Alegre, RS, em 24 de janeiro de 1902 e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 10 de julho de 1970.

Sexto ocupante da Cadeira 13, eleito em 12 de maio de 1960, na sucessão de Hélio Lobo e recebido pelo Acadêmico Alceu Amoroso Lima em 19 de abril de 1961.

Era filho de Augusto Ricardo Meyer e de Rosa Meyer, imigrantes alemães. Fez os estudos na cidade natal, mas deixou os cursos regulares para estudar línguas e literatura, dedicando-se a escrever. Colaborou com poemas e ensaios críticos em diversos jornais do Rio Grande do Sul, especialmente Diário de Notícias e Correio do Povo. Estreou na literatura em 1920, com o livro de poesias intitulado A ilusão querida, e foi com os livros Coração verde, Giraluz e Poemas de Bilu que conquistou renome nacional. Esses livros e outras obras posteriores foram depois reunidos em Poesias (1957). Pseudônimo: Guido Leal.

Em 1926 fundou com Teodomiro Tostes, Azevedo Cavalcante, João Santana e Miranda Neto a revista Madrugada. Foi diretor da Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul, de 1930 a 1936. Transferiu-se para o Rio e com o grupo de intelectuais gaúchos trazido por Getúlio Vargas organizou o Instituto Nacional do Livro, em 1937, tendo sido seu diretor por cerca de trinta anos. Detentor do Prêmio Filipe de Oliveira (memórias) em 1947 e do Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, em 1950, pelo conjunto da obra literária. Dirigiu a cadeira de Estudos Brasileiros na Universidade de Hamburgo, Alemanha, e foi adido cultural do Brasil na Espanha.

Augusto Meyer é parte do modernismo gaúcho, introduzindo uma feição regionalista na poesia. Há também em seus versos uma linha lírica, quando evoca a infância, num misto de memória e autobiografia. Completa com Raul Bopp e Mário Quintana a trindade modernista do Rio Grande do Sul.

Como ensaísta, deixou estudo sobre Machado de Assis, um dos trabalhos exegéticos mais importantes sobre o escritor maior das letras brasileiras, que tanto admirava. Sua obra de crítico abrange uma vasta gama de interpretações, de autores nacionais e estrangeiros, que divulgou no Brasil.

A literatura e o folclore do Rio Grande do Sul também foram estudados em obras fundamentais. Cultivou uma espécie de memorialismo lírico em Segredos da infância e No tempo da flor. Com recursos de poeta e de pintor, o memorialista impõe presença de fantasmas familiares, e daí passa aos da sua roda, aos da cidade, aos do mundo.


Fonte: Academia Brasileira de Letras.

16 comentários:

Sandra disse...

E fala dos pampas do Rio grnade Guri!!!!
Muito bom.

Feliz DIA DO AMIGO PARA VC TAMBÉM.
Amigo é todos os dias. São como as canções que ouvimos sempre.
Leve o selinho Super para vc.

És um amigo muito especial.

(Antiga oração inglesa)

Arranje tempo para ser amigo
É a estrada para a felicidade
Arranje tempo para sonhar
É seu vagão a uma estrela engatar...
Arranje tempo para amar e ser amado
É o privilégio dos deuses.
Arranje tempo para olhar ao redor
O dia é muito curto para ser egoísta.
Arranje tempo para rir
É a música da alma.

Sandra
Carinhosamente deixo o meu abraço.

Sandra disse...

A distancia não separa uma grande amizade.
Aprendemos com ela.
Sandra

"Cantinho Poético" disse...

"Não permita
que a vida passe sem que as pessoas
saibam o significado
que elas tem para você."


(Pe.Fábio de Melo)

Feliz Noite e carinhos meus! M@ria

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

Enganam-se os que julgam-me pelo sorriso
Farto; larga calçada de poesia embriagada
Pois em mim nada há do que dizer preciso
A não ser a ânsia louca pela vida; mais nada

(Lena Ferreira)

AMor & Poesia.....Beijos M@ria

Livinha disse...

Taí, no dia que o autor fez este verso, parecia que sonhava comigo um dia...
Talvez tenha sido eu do outro lado que o inspirei, já que nesta vida nem estava.
aff que soberania essa minha hem? rsrss
Bom mas o fato é que eu tô a procura da minha várzea, mas não sei onde estará...

Lindo verso meu amigo
tô lá dentro perdidinha, perdidinha a procura....

Beijos e uma
linda quinta feira pra ti

Livinha

Andresa disse...

Ola amigo, que lindo esse poema.
Mas tenha certeza que todos temos uma varzea em nossas vidas, e este sonho um dia há de realizar.
bjs
Andresa

OutrosEncantos disse...

Olha, achei lindo esse poema Rosemildo, parabéns pela escolha!

Venho dizer bom dia e deixar um beijo de agradecimento pelo carinho deixado lá no Mimos, ao Everson, e por consequência também a mim.
Sim, Everson é um Amigo que eu muito prezo, há muito precisava fazer-lhe um carinho, achei por bem ser o dia do Amigo a data ideal!

Volta sempre!
Beijo!

Everson Russo disse...

A distancia traz frio ao corpo,,,aos sonhos,,,mas nunca separa os corações...abraços amigo e um dia de muita paz,,paz de Deus.

Amor feito Poesia disse...

Todas as coisas têm o seu mistério, e a poesia é o mistério de todas as coisas.

(Frederico Garcia Lorca)


Feliz dia!!Saudações poéticas M@ria

REGGINA MOON disse...

Furtado,

Lindooo verso!!!

Hoje estou passando rapidamente para deixar um beijo...estou em viajem...e numa Lanhouse..rs

Saudades!

Reggina Moon

reltih disse...

... todas esas incógnitas que existen dentro.
tremendo tema.
un abrazo

Graça Pereira disse...

Lindissimo este poema que me transpõe tambem....para outro lado de lá!
Sei onde fica uma várzea igual a essa...
Beijo amigo
Graça

Caminhos Poéticos disse...

"Existem pessoas que não se tornam especiais pela maneira de ser, ou de agir, mas pela profundidade com que atingem nossos sentimentos."

DA

Feliz Noite com amor e poesia ! M@ria

Sandra Botelho disse...

Essas varzeas sempre estão em nossa alma...
Lindo poema.
Belo trabalho o teu de dividir conosco tantos talentos.
Bjos achocolatados

LadyButerfly disse...

Fantástico texto amigo.. Optima escolha... Beijo grande

Marina-Emer disse...

muy bonitos versos yo lo entiendo bien pero no se tu idioma para escribir solo lo entiendo...gracias por tu visita y tus cariñosas palabras siempre gracias
un abrazo
Marina

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...