sexta-feira, 2 de abril de 2010

Bom Jesus, amador das almas puras.

http://2.bp.blogspot.com/_wkxIM0bAsPw/Sq-NtsYuHdI/AAAAAAAAA88/U3dmPmSu_oA/s320/Jesus+crucificado.bmp

BOM JESUS, AMADOR DAS ALMAS PURAS

Bom Jesus, amador das almas puras,
Bom Jesus, amador das almas mansas,
De ti vêm as serenas esperanças,
De ti vêm as angélicas doçuras.

Em toda parte vejo que procuras
O pecador ingrato e não descansas,
Para lhe dar as bem-aventuranças
Que os espíritos gozam nas alturas.

A mim, pois, que de mágoa desatino
E, noite e dia, em lágrimas me banho,
Vem abrandar o meu cruel destino.

E, terminado este degredo estranho,
Tem compaixão de mim, Pastor divino!
Que não falte uma ovelha ao teu rebanho!

José Albano.

http://4.bp.blogspot.com/_i78FIMfXPVQ/Sr55vBuH_zI/AAAAAAAAAlA/TmLOBVsJNUs/s400/Jos%C3%A9_Albano.jpg

Nascido em Fortaleza, no Ceará, em 12 de abril de 1882, José d’Abreu Albano, neto dos Barões de Aratanha, estudou no Seminário daquela diocese, depois em colégios religiosos da Inglaterra, da Áustria e da França. De regresso, fez os preparatórios no Ceará e em 1902 tentou estudar Direito no Rio de Janeiro. Professor de latim no Ceará, em 1904, no ano seguinte trabalha no gabinete do Barão do Rio Branco, no Itamarati, e em 1908 no Consulado do Brasil em Londres. Em 1912 deixa o emprego e põe-se a viajar pela Europa. Em 1914, combalido das faculdades mentais, volta ao Ceará e em 1917 ao Rio de Janeiro; no ano seguinte fixa-se em Paris. Faleceu em 11 de julho de 1923 num hospital de Montauban, na França.

José Albano era pessoa singular, até na aparência. Conforme o descreve Luís Edmundo, “quando aqui chegou vindo de Viena, onde estudava desde menino, o poeta José de Abreu Albano” trazia “a mais vasta cabeleira já descida em terras brasílicas e uma barba em novelo que lhe dava o bíblico ar de um Yokanan que usasse croisé de sarja, polainas e monóculo”. Chegado ao grupo de João Ribeiro, que fazia ponto na Livraria Garnier, ainda segundo Luís Edmundo “falava como escreviam Diogo do Couto e Fernão Lopes de Catanheda. (...) Detesta o automóvel, a democracia e os relógios Pateck Philippe.

A poesia de José Albano é complexa com sua língua de tons envelhecidos, mas os Dez Sonetos, por ele próprio escolhidos, são de grande fluência, doçura e religiosidade bastantes para os terem celebrizado. Ultimamente José Albano vem sendo reestudado pela crítica; Manuel Bandeira reeditou-o em 1948.

Fonte: “Poesia Parnasiana – Antologia” – Edições Melhoramentos – 1967.

11 comentários:

Helô Müller disse...

Boa Páscoa com Jesus e família!
Beijos achocolatados!!
Helô

reltih disse...

tema. gusto en venir hasta tu sitio.
un abrazo

REGGINA MOON disse...

Furtado!!!

Que maravilha de postagem!!Um encantamento...José Albano, gostei do estilo...vir aqui é sempre uma surpresa!!Adoro!!

Um grande beijo e ótimo feriado!!

Reggina Moon

"Cantinho Poético" disse...

Encantada e nada a comentar.

"Tenho pensamentos que se pudesse resolvê-los e
fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às
estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao
coração dos homens."

Fernando Pessoa

Um feliz FDS de amor e Paz ! M@ria

Sonia Schmorantz disse...

Páscoa...
É ser capaz de mudar, 
É partilhar a vida na esperança, 
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento.
É ajudar mais gente a ser gente, 
É viver em constante libertação, 
É crer na vida que vence a morte.
É dizer sim ao amor e à vida, 
É investir na fraternidade, 
É lutar por um mundo melhor, 
É vivenciar a solidariedade.
É renascimento, é recomeço, 
É uma nova chance para melhorarmos 
as coisas que não gostamos em nós, 
Para sermos mais felizes por conhecermos 
a nós mesmos mais um pouquinho. 
É vermos que hoje...
somos melhores do que fomos ontem.
Feliz Páscoa!
Um abraço

Chica disse...

Maravilhosa Páscoa pra ti e teus!abração,tudo de bom,chica

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
É com o amor dele, todos aqueles de boa vontade serão redimidos.
Feliz Páscoa para você e sua família.
Grande abraço

Everson Russo disse...

Que estejamos sempre na presença Dele, nosso grande salvador....abraçs fraternos amigo, esteja com Deus numa bela pascoa, voce e toda sua familia.

ETERNA APAIXONADA disse...

Estimado e bom amigo

Recado aos Amigos Distantes

Meus companheiros amados,
não vos espero nem chamo:
porque vou para outros lados.
Mas é certo que vos amo.

Nem sempre os que estão mais perto
fazem melhor companhia.
Mesmo com sol encoberto,
todos sabem quando é dia.

Pelo vosso campo imenso,
vou cortando meus atalhos.
Por vosso amor é que penso
e me dou tantos trabalhos.

Não condeneis, por enquanto,
minha rebelde maneira.
Para libertar-me tanto,
fico vossa prisioneira.

Por mais que longe pareça,
ides na minha lembrança,
ides na minha cabeça,
valeis a minha Esperança.

Cecília Meireles, in 'Poemas (1951)'

Votos de uma Santa Páscoa!

Beijos
Helô Spitali

Sonhadora disse...

Meu amigo
Passei para deixar o meu carinho e desejar uma Páscoa feliz, junto de todos que ama.

Beijinhos
Sonhadora

Hana disse...

Que reiqueza de cultura tem este blog, adoro, e quero agradecer pelo seu carinho em meu blog. tenha um lindo fim de semana.
com carinho
Hana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...