quinta-feira, 15 de abril de 2010

As primeiras regras da pedagogia.

http://www.csa-estrela.g12.br/csa/imagens_paginas/parqueinfantil.jpg

AS PRIMEIRAS REGRAS DA PEDAGOGIA.

390 acPlatão (427-347) estabelece as primeiras regras da Pedagogia, de que se tem notícia. Seu “Livro VII das Leis” é inteiramente consagrado à Educação. Ei-lo: “O objetivo da educação, consiste, principalmente, em obter o desenvolvimento harmonioso de todas as nossas faculdades. Desde cedo é necessário, pois, dar todos os cuidados e atenções à criança, porque sua alma é como cera mole, onde fácil e fortemente se gravam as primeiras impressões. Estas têm considerável influência sobre a orientação de vida do adulto. Desde o nascimento, deve, portanto, começar a educação. Os primeiros elementos da educação começam no aleitamento e no próprio embalar da criança. Seria de desejar que a própria casa fosse como um navio no mar. Os recém-nascidos deveriam estar sempre submetidos a um balanço rítmico e contínuo. Todas as amas sabem perfeitamente quão benefício é o balanço para as crianças quando não têm sono. A dança e a música são dois excelentes elementos na educação da criança. Servem de calmante e preparam-nas para o ritmo e o movimento. O que excita, principalmente, a criança, é o medo. Esse deriva, crê o filósofo, da fraqueza da alma das crianças. Assim, quando opomos à agitação que vai na alma da criança um movimento externo, equilibram-se os movimentos e a calma renasce. As crianças até os seis anos devem ser tratadas com carinho, mas também com firmeza. Não se deve corrigi-las com violência para que não fiquem irritadas nem tampouco deixar que fiquem insolentes por falta de punição adequada. Dos três aos seis anos as crianças devem reunir-se nos logradouros públicos, acompanhadas pelas sua amas, a fim de aprenderem a brincar e, ao mesmo tempo, se acostumarem a vida social. As amas devem vigiá-las para que brinquem em ordem e para moderá-las em seus movimentos mais vivos. Essas amas serão vigiadas, por sua vez, por uma das doze mulheres que o funcionário responsável pela educação designou para o serviço do ano. Aos seis anos os meninos são separados das meninas. Os meninos iniciarão os exercícios de equitação, os exercícios com o arco, a funda e o dardo.”.

Nota: Este trabalho é o resultado de pesquisas realizadas pelo ilustre professor Elias Barreto e publicado pela Enciclopédia das Grandes Invenções e Descobertas, edição de 1967, volume1, páginas 35/37.

11 comentários:

Anônimo disse...

gracias por compartirnos este post que nos instruye mucho.
un abrazo

Anônimo disse...

Muito obrigada de coração pelo seguimento ao meu blog.
Estou muito feliz!
Sua postagem está deslumbrante.
Um texto rico para o espírito desenvolver as boas idéias e palavras de gratidão.
Seu blog é maravilhoso, parabéns!
Deus abençoe você e seus entes queridos.
Beijos no coração.
Carinhosamente,
Cely.

Everson Russo disse...

Um fortissimo abraço a ti amigo e um belo dia na paz de Deus...

Helô Müller disse...

Sábias palavras!! Percebe-se que o bom senso, independe de tempo! À exceção da separação de sexos, aos 6 anos, tudo o mais continua sendo de fundamental importância para a educação saudável de uma criança!
Amei a postagem!!
Bj
Helô

REGGINA MOON disse...

Furtado querido,

Um segmento que adoraria ter seguido era esse, Pedagogia...mas fui mais para a área de Letras...

òtima postagem, esclarecedora, adorei!!!parabéns!!

Retire en meu Blog o selinho "Esse Blog não me sai sa Cabeça"...é seu!

Um beijo!!

Reggina Moon

Livinha disse...

Profundo texto Furtado, muito importante e necessário. Os jovens estão começando tão cedo o ato da maternidade e tão leigos ainda no assunto, naquela fase de curtição da vida e estes seres sintelos vindo ao mundo, tão necessitados de educação e proteção.
Sabe, eu sempre acalaentei minhas filhas no balanço dos meus braços, sem falar que tinha um repertório de canções que não se acabava. O processo era tão continuo, que muitas vezes me deparava conversando de pé com alguém, fazendo balanço, sem que a criança estivesse no meu colo. Tornou-se assim um hábito intenso. Ah como sinto saudades e o gosto de amamentar que eu tanto gostava...
Disciplina meu amigo é o numero 1 das coordenadas, dando a ela a pausa para saber ouvir o resto vai assim desencadeando...

Linda postagem viu

Bjs
Livinha

Livinha disse...

Sintelos, ler-se singelos
acalaentei, ler-se acalentei..
Ai my god, a pressa, sempre metendo-se no meio...

Agora vou. Caso encontre mais um, vai lá em casa que eu esclareço rsrss

Fuis!

M@ria disse...

Olá amigo!!

Amo passar por aki...Tudo lindo.
Um pouco ausente , mas voltei.
Beijos poéticos prá ti!!

Maria L. Bózoli disse...

"A primavera chegará,
mesmo que ninguém mais saiba seu nome,
nem acredite no calendário,
nem possua jardim para recebê-la."

Cecília Meireles


Beijos poéticos de Boa Noite!

Lou Witt disse...

Interessante postagem!!!

Beijo, qurrido amigo!!!

"Cantinho Poético" disse...

O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar.

Carlos Drummond de Andrade

Amor & Paz na sua noite!!