terça-feira, 16 de março de 2010

Anel Nupcial.

http://3.bp.blogspot.com/_kIKJrv_vfrk/SYH6vNjTGeI/AAAAAAAAAYY/JvoSldpCjx4/s400/alianca555555555%5B1%5D.jpg

"ANEL NUPCIAL"

650 ac – Estabelece-se por lei o uso do Anel Nupcial. – Essa primeira lei que se conhece, no caso, é de autoria de Chindasvinto, Rei dos Visigodos da Espanha, que sucedeu a Tulga, contra o qual se rebelou, representando o triunfo da nobreza, assim como o seu antecessor ocupara o trono apoiado pelo clero. Cingiu a coroa já em idade madura, em 652 e faleceu em 642. Isto se deu numa ocasião em que os visigodos já se encontravam em plena decadência e na iminência de desaparecer. Em 650 Chindasvinto promulga uma lei ordenando o uso nupcial entre os visigodos. No ano de 712 Luitprando instituía uma lei idêntica entre os Lombardos. A história do anel, porém, se perde na noite dos tempos. Hebreus, egípcios, gregos e romanos o usaram. Era entre esses povos um símbolo de autoridade e respeito. Entre os povos egípcios e gregos o anel era trocado entre dois homens, a fim de selar um serio compromisso, de que nenhum deles poderia se eximir, pois, caso contrário, perderia a própria cidadania e ficaria relegado à condição de escravo. Quando Roma se tornou senhora do mundo, seus cofres se abarrotaram de ouro, a fim de manter os nobres na sua elevada posição de luxos e viagens oficiais e conseguir novas conquistas. As moedas e anéis eram feitos com esse precioso metal. Os romanos achavam que o uso dum anel de ferro seria humilhante e os colocaria na condição de servos. Foi quando no ano de 202 da nossa era Lúcio Séptimo Severo I regulamentou o seu uso, de modo que os de ouro somente poderiam ser usados pelos nobres, os de prata pelos libertos e os de ferro pelos escravos. Mas desde que Chindasvinto promulgou sua lei, o anel passou a constituir uma aliança entre os que se casavam, perante DEUS, de cuja união não poderiam separar-se senão com o consentimento de ambos.

Nota: Este trabalho é o resultado de pesquisas realizadas pelo ilustre professor Elias Barreto e publicado pela Enciclopédia das Grandes Invenções e Descobertas, edição de 1967, volume1, páginas 20/21.

15 comentários:

Valéria disse...

Os de ouro usados pelos nobres, os de prata pelos libertos e os de ferro pelos escravos, lembrando as correntes na época da escravidão (correntes de ferro)e hoje um anel nupcial não deixa de ser corrente. algemas. Desculpe a comparação..é que ando meio desiludida...rs
A história do anel é bem curiosa, interessante.

BeijooO'

Andresa disse...

O anel, o simbolo de compromisso, não importa a époa, não importa o material, o valor dele é seu significado
Bjs
Andresa

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Adoro saber essas curiosidades que só no seu blog são encontradas.
Um bom dia pra você
Abração

Fatima disse...

Gostei de saber!
Bjs.

Helô Müller disse...

Hummm, informação útil e preciosa!! rs Agora, só preciso de alguém que me convide a usá-la... rs
Beijos
Helô

Livinha disse...

Um sinal como elos de alma, que hoje já não é mais respeitado, antigamente tbém, mas em menor grau..
Apenas uma forma representativa de laços, pois que penso que unidos por fé, casados somos...

Belíssimo conhecimento que nos trazes Furtado.
Muito bom saber.
Bjs
Livinha

reltih disse...

es bueno enterarse de donde nacen las cosas. gracias por compartir la información. un abrazo

stella disse...

Notizia interessante, furtado.
Buona serata con un abbraccio.

Everson Russo disse...

O legal da aliança é ser em circulo e não ter fim,,,o que deveriam ser as unioes....abraços amigo, fica com Deus numa bela tarde.

Maria Bonfá disse...

muito interessante nem fazia ideia disso é pena que hoje as alianças ´perderam o real valor.. pena mesmo.. lindo dia para ti querido ..beijão

REGGINA MOON disse...

Furtado,

Sim, as alianças carregam todo um grande simbolismo, mas o que penso, é que de nada adianta, a união tem de ser no coração.

Ótima postagem como sempre!!
Sempre esclarecedoras e belas!

Grande beijo amigo,

Reggina Moon

REGGINA MOON disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ellen disse...

Boa noite Furtado!
E obrigada pela sua visita.
Alianças simples e bonitas :)

Ultimamente nem tempo tenho para o meu Blog e constata-se pelas datas dos meus postes...deixou de ser diário!

Beijinho para si

Felina Mulher disse...

Sabe pq eu gosto de vir aki?...pq eu sempre aprendo mais.
Mas vc fixcou me devendo o quem é vc, viu?
Eu não esqueci do ver-o-peso e nem da chuva, eu incluí isso qdo disse sou pará....kkkkkkk....vc conhece bem minha terrinha heim!?

Um beijo querido amigo e obrigada pela visita.

AFRICA EM POESIA disse...

Bela pesquisa e belo trabalho.

O Anel (aliança) tem um significado muito forte de união.

beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...