sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

A Águia.

http://blog.cancaonova.com/franca/files/2008/06/aguia.jpg

A ÁGUIA

A águia negra, num vôo, de repente
fura o céu, desprendida da montanha,
e parece levar em feixe ardente
luz, que às garras metálicas apanha.

Afronta o sol, provoca-o frente a frente,
deixa as nuvens atrás, remonta em sanha...
E volta irada, triste e lentamente,
por ver tão longe a luminosa aranha.

Liso, e em fogo o areal, como um espelho
amplo, se estende ao seu olhar vermelho...
Vermelho, como a espuma dos vulcões:

desce; e por desenfado ao bico enorme,
enquanto um grupo de gazelas dorme,
folga arrancando os olhos dos leões.

Luís Delfino.

[Luiz+Delfino.jpg]
Luís Delfino dos Santos nasceu em Desterro (atual Florianópolis), em 25 de setembro de 1834. Estudou na cidade natal e na Corte, colando grau em Medicina em 1857. Abriu consultório e clinicou até o fim da vida. Como político, esteve no Senado, representando Santa Catarina, e na Constituinte Republicana. Faleceu no Rio de Janeiro, em 31 de janeiro de 1910. A seu tempo, a crítica dividia-se a seu respeito: Silvio Romero louvava-o, José Veríssimo lhe fazia sérias restrições.

Fonte: “Poesia Parnasiana” Antologia – Edições Melhoramentos – 1967.

9 comentários:

Laura disse...

Não conhecia esse poeta brasileiro, todo dia a gente aprende um pouco.beijo amigo Furtado e obrigada pelo comentario.

Pena disse...

Admirável e Brilhante Poeta Amigo:
Um texto sensível, delicioso, de voo interrupto de beleza, pureza e ternura de uma águia que sulca os céus deslumbrantes.
Que intensidade e musicalidade admiráveis.
Tem génio. Tem talento.
Adorei. Fabuloso. Enorme sentir de encantar.
Abraço sincero de parabéns pela beleza que o habita.
Parabéns sinceros. Excelente escolha.
Abraço forte de pura amizade pelo seu enorme talento e fascínio.
Sempre a respeitá-lo e a admirá-lo.
Cativado por tanto bom gosto e uma atitude de veneração perante o seu sentir fantástico.
Agradecido pela simpática e amável visita.

pena

Bem-Haja, ENORME poeta de sonho.
EXTRAORDINÁRIO, amigo.

Felina Mulher disse...

Que lindo voo!
Um dia me disseram assim: "Eu sei que já aprendestes a desviar das pedras e agora tenho certeza de que farás como a águia: com sabedoria, encontrarás a maneira mais bela de voar alto...muito alto... sem perder a visão do que existe na Terra.

Assim são as Grandes Mulheres... assim és tu."...eu não voei...flutuei...kkkkkkk

Beijos amigo lindo!

Everson Russo disse...

Seria bom poder alçar voos assim pela vida...sempre...abraços e otimo final de semana.

POESIA CÁ E LÁ disse...

Amigo poeta, as águias nos ensinam muito, né??
Muito bom recepcionar o fim de semana que vem chegando passeando no teu espaço que é tão gostoso.

beijos ternurentos

Clau Assi

Wanderley Elian Lima disse...

Rosenildo.
Particularmente acho a Águia uma ave misteriosa. Seu vôo, sua postura, tudo me da um certo medo. Não sei porque.
Abração

Sonhadora disse...

Lindo poema
Obrigada pela visita.
Vou seguir.Gostei.

beijinhos
Sonhadora

Livinha disse...

Perfeito o impulsivo
desse seu jeito,
que somente em vôo livre
se alcança..
e lá vai ela, tirana
satisfazer a sua gana,
sobrevoando a seu bel prazer...

Lindo poema meu amigo
oxalá que minhas asas assim pudessem voar...

Lindo fim de semana
Bjss

AFRICA EM POESIA disse...

Rosemildo


è bom quando temos Deus como nossa companhia.
aí sabemos que podemos caminhar sem medo...
beijos



SER FELIZ



É estar em sintonia com Deus.
É saber amar...
Saber viver cada dia.

............

Por isso...
Ser feliz...
Depende de nós!!

LILI LARANJO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...