domingo, 29 de novembro de 2009

Soneto da separação.

http://conteudo.arcauniversal.com/wp-content/uploads/divorcio3.jpg


SONETO DA SEPARAÇÃO

De repente o riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.


De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do movimento imóvel fez-se o drama.


De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.


Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.


Vinicius de Moraes.
(1913-1980)

13 comentários:

Pena disse...

Admirável Amigo:
Um delicioso e soberbo poema de significação valiosa do seu sentir.
Possui uma mensagem ao existir. À vida.
Uma forma de encarar a doçura e encanto da vida plena, que lhe pertence. Com requinte apurado.
Parabéns sinceros, genial amigo poeta.
Abraço amigo.
Sempre a respeitá-lo com admiração constante e ENORME.

pena

Andresa disse...

Derrepente as coisas acontecem na vida, o que achamos que iria durar para sempre, como os contos de amor e campos de rosas.... se acaba e vem a desilução.
Tantos sorrisos acabam em soluções.
Essa é nosso vida. Mas temos que aprender a ser realista conosco, e nunca esperar um sentimento eterno e duradoro.
Como sempre digo, é melhor ficar com o pe no chão...

Beijos Amigo
Andresa

Chica disse...

Quando menos esperamos, aparece a separação. Espero nunca passar, após mais de 40 anos de casada...rsrs... abraços, lindo soneto e ótima semana!chica

Fatima disse...

Gosto muito do Vinicius de Moraes!
bjs.

Valéria disse...

Um tema difícil com a delicadeza de Vinícius. Separação é sempre um processo doloroso. Embora isso possa variar. Às vezes a gente sofre mais, às vezes menos, dependendo do nível da paixão, do amor, ...

Confesso disse...

Doce Furtado...

Suas escolhas são perfeitas, este soneto não mais que de repente nos remete à lembrança de amores vividos, alegrias passadas...

Sempre muito bom voltar aqui.


Beijos confessos...

Livinha disse...

É tudo chega tão de repente, sem ter hora sem aviso, nos levando ao pranto..
Não importa de que forma, se dar a separação, de um jeito ou de outro, faz do tempo um clima morto
sujeito a tempestades de choros vãos...

Vlew meu amigo 10 para Vinícios de Morais e 10 pra vc pela bela escolha, mais uma vez...


Luz na tua vida
bjss

REGGINA MOON disse...

Furtado,

Simplesmente amo esse Poema, um linda escolha para iniciarmos mais uma semana!!

Soneto da Separação, sempre se enquadra em momentos de nossas vidas!

Beijos e ótima semama!

Reggina Moon

Sereia disse...

Boa tarde.
Muito obrigado pela visita.
Este soneto é lindo,e vamos confessar: Vinicius é uma obra de arte literária em pessoa.
Um beijo grande.

Wanderley Elian Lima disse...

Lindo esse poema de Vinicius. Parabéns pela escolha.
Abração

Sans Prétention disse...

Obrigado para a tua agradável mensagem.
Desejo-lhe muito bonita uma semana cheia de doçura.
Magnífico os teus poemas.

Con Amizade
Francesca

AFRICA EM POESIA disse...

Furtado


Lindo o Poema de Vinicius de Moraes.

Nestas vida é bom sentir alegria ao nosso redor.
é bom acordarmos com um sorriso e adormecermos com o mesmo sorriso...


è bom semos felizes...
para ti...um beijo

Lou Witt disse...

Aiiii, que coisa linda Furtado!!!

Amo esse poema!!!

BeijO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...