terça-feira, 17 de novembro de 2009

Maria.

http://3.bp.blogspot.com/_QFp2P6UH-OE/STGSzyjIHiI/AAAAAAAABc0/lYyjVNT6UKs/s400/castro_alves.jpg

MARIA

Onde vais à tardezinha
Mucama tão bonitinha,
Morena flor do sertão?
A grama um beijo te furta
Por baixo da saia curta,
Que a perna te esconde em vão...

Mimosa flor das escravas!
O bando das rolas bravas
Voou com mêdo de ti!...
Levas hoje algum segrêdo...
Pois te voltaste com mêdo
Ao grito do bem-te-vi.

Serão amôres deveras?
Ah! Quem dessas primaveras
Pudesse a flor apanhar!
E contigo, ao tom d’aragem,
Sonhar na rêde selvagem...
À sombra do azul palmar!

Bem feliz quem na viola
Te ouvisse a moda espanhola
Da tua ao frouxo clarão...
Com a luz dos astros – por círios,
Por leito – um leito de lírios...
E por tenda a solidão!

Castro Alves
(1847-1871)

12 comentários:

Felina Mulher disse...

Olá Rosemildo,
Vim aprecisar teu blog e me deliciar com tua homenagem à este grande poeta.


Um beijo caloroso.

Lucy disse...

Muito lindo o poema de Castro Alves.

Uma linda noite pra vc Furtado.
abraços!

EDUARDO POISL disse...

Muito lindo este poema do Castro Alves, parabéns.
Abraços

MARIA L. BÓZOLI disse...

Affffffffff......lindíssimo

Levas hoje algum segrêdo...
Pois te voltaste com mêdo
Ao grito do bem-te-vi.

Serão amôres deveras?
Ah! Quem dessas primaveras
Pudesse a flor apanhar!
E contigo, ao tom d’aragem,
Sonhar na rêde selvagem...
À sombra do azul palmar!


Castro Alves...sem comentários amigo.........Bom diaaaaaaaa

Fatima disse...

Castro Alves!
Gosto muito.
Bjs.

Andresa disse...

Como sempre uma bela escolha.
Bjs
AndresA

Livinha disse...

Bem feliz quem na viola
Te ouvisse a moda espanhola
Da tua ao frouxo clarão...
Com a luz dos astros – por círios,
Por leito – um leito de lírios...
E por tenda a solidão!

Oi amigo, hoje vc excedeu a sua capacidade de belas escolhas...
eu simplesmente te digo que Castro Alves ser um dos poetas que mais admiro e sempre me encantei-me com seus poemas... Valeu demais e me como a mucama deitada na rede ao canto do Bem-te-vi...

Furtado,volta lá em casa, e pega o selinho, fica mais fácil. É um selinho vermelho doado pelo amigo J. Araujo do blog Notas e Notícias,
que diz assim: Sou Bom comentarista... Basta clicar em cima, e depois em propriedades e buscar a url. se vc não consegui, te envio por e-mail...

Grde abraço e tenha um excelente dia
bjss

Everson Russo disse...

Belissima poesia de um grande poeta...abraços amigo e um belo dia pra ti.

victoria disse...

Un poema bellisimo,Felicidades por tu aniversario,en mi blog las hadas agradecen tus premios y regalos,tienes dos premios,uno al Blog Diamante y otro la Rosa De FATIMA..cON CARIÑO vICTORIA,Gracias amigo por dejar tu huella

MARIA L. BÓZOLI disse...

Boa noite prá voce amigo.

Equação

O resultado da conta do amor
é o desapego, o entusiasmo
pela hora da chegada, a tristeza
na hora da partida... soma-se o
amor ao deserto da alma que fica
quando não estás por perto...
Eu faço contas simples, faço
até de conta que amar é tão fácil
quanto compreender a mim mesmo...

Arruda Bonfáh


Beijossssssssss

António Manuel disse...

Caro:
Amigo Furtado

Castro Alves:

È o que màis gosto, ele è impar!

Parabèns

Caro amigo serèi lhe sempre grato por tão bons momèntos de leitura

Continuação de uma otima semana.

Os meus melhores comprimèntos


Antònìo Manuel

Lou Witt disse...

Poesia para uma escrava.
Lendo dá até para imaginar a linda menina negra que inspirou o grande poeta.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...