sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Maldição.

http://2.bp.blogspot.com/_woKl1ekao94/SNP66VU3STI/AAAAAAAAAJM/2kdbRLmrc0k/s400/%5B22%5D_Furna_De_Frei_Matias_22.jpg

MALDIÇÃO

Se por vinte anos, nesta furna escura,
deixei dormir a minha maldição,
– hoje velha e cansada da amargura,
minh’alma se abrirá como um vulcão.

E, em torrentes de cólera e loucura,
sôbre a tua cabeça ferverão
vinte anos de silêncio e de tortura,
vinte anos de agonia e solidão...

Maldita sejas pelo Ideal perdido!
Pelo mal que fizeste sem querer!
Pelo amor que morreu sem ter nascido!

Pelas horas vividas sem prazer!
Pela tristeza do que eu tenho sido!
Pelo esplendor que eu deixo de ser!...

Olavo Bilac

12 comentários:

Ana Martins disse...

Um soneto fantástico repleto de nostalgia e revolta!

Grata pela partilha.

Beijinhos,
Ana Martins

marianna furtado :T disse...

vô,
bom fim de semana,
a saudade aperta.
beeijo a todos e a ti,
te amo!

Livinha disse...

Furtado,
Feliz de quem acalanta um mundo
de alegria, de boas lembranças
sem nada ter por maldizer...
As palavras quando poeticas, tornam-se tão belas, que ainda podemos apreciar um poema como este de Olavo Bilac, palavras de revoltas, malditas, mas tão bendita que encanta...

Furtado, eu tenho que dizer, que o poema Família, nasceu dessa beleza que aqui, bem como nas páginas de tuas netas assistir, esse elo de comunhão, de paz e alegria, coisa rara de se ver... Percebemos amor adulto, direcionado aos jovens, mas tão raro jovens, se importam com isto, talvez seja a reciprocidade que nos meus poemas eu grito, em dar para receber...
Olha meu amigo, eu tenho que lembrar, que vc foi a primeira pessoa a visitar meu recanto, me incentivando e prstigiando minhas inspirações... Como ver a gente não esquece as boas lembranças que noa acalenta a alma....
Meninas fabulosas tuas netas...

Um Lindo sábado pra você junto aos teus..
bjss
Livinh@__

Obrigada.

Sonia Schmorantz disse...

Um grito de alerta e revolta pelo tempo que se perde...
Um abraço, ótimo final de semana

Patricia disse...

obrigada pela partilha deste soneto maravilhoso... as palavras são fantásticas, não é?

EternaApaixonada disse...

Furtado

Gosto desse seu transitar entre o lírico e o filosófico! Parabéns por nos permitir refletir!
Tenha um lindo fim de semana!
Beijo e abraço amigo.

stella disse...

Sul mio Blog dei Premi, due doni per te.

Anne Lieri disse...

Maravilhosa e tocante poesia de Olavo Bilac!Abraços,

Everson Russo disse...

Pelo amor que morreu sem ter nascido,,,nossa, é profundo isso, tocante...abraços amigo, otimo finas de semana pra ti e toda familia....

Chica disse...

UmA LINDA POESIA DE BILAC E TU ESCOLHE A DEDO TUAS POSTAGENS.lINDO!ABRAÇÃO,BOM FIM DE SEMANA,CHICA

Pedro Antônio disse...

Olá, amigão!

É sempre bom estar aqui e acompanhar seus belos posts. Você escolhe muito bem os textos e nos encanta com tamanho lirismo!

O mundo precisa da sua poesia para ficar mais feliz e bonito!

Um forte abraço!

Pedro Antônio
A TORRE MÁGICA

Helô Strega disse...

Bom domingo Furtado!
Bom me alimentar nesta manhã com Olavo Bilac.
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...